scorecardresearch ghost pixel

FGTS realiza pagamentos com adicionais de até R$ 2.900; Saiba se tem direito

Na modalidade saque-aniversário do FGTS, trabalhador pode receber parcela adicional com valores entre R$ 50 e R$ 2.900. Descubra quem pode sacar.

A nova modalidade de saque do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS), conhecida como saque-aniversário, ainda está disponível para alguns trabalhadores. Com ela, é possível sacar anualmente uma parcela do saldo de contas ativas ou inativas vinculadas ao Fundo.

O calendário de liberação do valor é montado considerando o mês de nascimento do beneficiário, que terá direito a um montante que varia conforme seu saldo acumulado. O saque pode ser feito até o último dia útil do segundo mês posterior ao do depósito do valor.

Quer saber mais sobre os pagamentos do saque-aniversário do FGTS? Então leia o artigo abaixo.

Adicional de até R$ 2.900

Após aderir à modalidade, o trabalhador receberá um percentual do valor total do saldo do FGTS. Contudo, há a possibilidade de acréscimo de uma parcela adicional com valores entre R$ 50 e R$ 2.900.

O percentual de alíquota do saque varia entre 50% (sem parcela adicional) para contas com até R$ 500 de saldo, e 5% (com parcela adicional) para contas com mais de R$ 20 mil de saldo.

Para deixar mais claro, veja um exemplo: se um trabalhador possui R$ 1.045 de saldo somando todas as suas contas do FGTS, ele pode sacar o limite de 30% do total acrescido de uma parcela R$ 150. Assim, ele terá direito ao valor total de R$ 570.

A conta para chegar a esse resultado foi a seguinte: R$ 1,4 mil x 30% = R$ 420 + valor adicional de R$ 150 = R$ 570.

Tabela de alíquota

A Caixa Econômica Federal divulgou uma tabela de alíquota para ilustrar melhor os valores aos quais os contribuintes podem ter acesso. Confira:

Limites das faixas de saldo Alíquota Parcela adicional
até R$500 50%
de R$500,01 até R$1.000 40% R$50
de R$1.000,01 até R$5.000 30% R$150
de R$5.000,01 até R$10.000 20% R$650
de R$10.000,01 até R$15.000 15% R$1.150
de R$15.000,01 até R$20.000 10% R$1.900
acima de R$20.000,01 5% R$2.900

Caso permaneça a dúvida sobre o montante a ser recebido no saque-aniversário, o beneficiário pode fazer uma simulação de adesão à modalidade através do site oficial da Caixa ou do aplicativo FGTS.

Calendário saque-aniversário FGTS 2020

Em abril de 2020, o banco divulgou o calendário oficial constando as datas do saque-aniversário. O início dos pagamentos ocorreu logo após a finalização da liberação do saque imediato, que chegou ao fim em 31 de março.

Veja abaixo as datas de depósito dos valores:

  • Janeiro e fevereiro: saques de abril a junho de 2020;
  • Março e abril: saques de maio a julho de 2020;
  • Maio e junho: saques de junho a agosto de 2020;
  • Julho: saques de julho a setembro de 2020;
  • Agosto: saques de agosto a outubro de 2020;
  • Setembro: saques de setembro a novembro de 2020;
  • Outubro: saques de outubro a dezembro de 2020;
  • Novembro: saques de novembro de 2020 a janeiro de 2021;
  • Dezembro: saques dezembro de 2020 a fevereiro de 2021.

Mais informações sobre o saque adicional do FGTS

Os desempregados podem sacar o valor desde que possuam saldo disponível na conta inativa. Além disso, em caso de demissão sem justa causa, o acesso ao saque rescisão do FGTS fica bloqueado pelo prazo de dois anos.

Já os trabalhadores com contas que não recebem mais depósito, chamadas inativas, deixarão de receber o saque-aniversário depois que terminarem de sacar todo o saldo da conta.

Por fim, vale lembrar que a fonte de recursos do saque-aniversário são os saldos de contas ativas e inativas, e que a modalidade considera a soma de todos os valores para o cálculo dos pagamentos.

Leia mais: FGTS: Trabalhadores podem sacar até R$ 2.900 de dinheiro extra


Veja mais sobre

Voltar ao topo

Deixe um comentário