scorecardresearch ghost pixel

Urgente! Governo prepara nova rodada de saque emergencial do FGTS em 2021

Equipe econômica avalia que novas ações sejam implementadas em meados de fevereiro.

O Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS) pode ganhar uma nova modalidade de saque emergencial em 2021. A novidade já está em estudo pelo Ministério da Economia e deve ser anunciada pelo governo federal como mais um plano de enfrentamento à pandemia de coronavírus.

O projeto em estudo tem como objetivo injetar mais dinheiro na economia de forma concomitante a outras iniciativas que estarão em andamento. Apesar de o presidente Jair Bolsonaro (sem partido) dizer que a pandemia está no “finalzinho”, há esforços para a elaboração de novas medidas de contingência para as diversas situações, dentre elas uma possível segunda onda a Covid-19.

Sustentabilidade do Fundo

Com o pagamento do auxílio emergencial e FGTS de até R$ 1.045 ainda em vigor, a equipe econômica do governo avalia que as novas ações sejam implementadas apenas após meados de fevereiro. Sendo assim, as medidas não terão um anúncio imediato.

De acordo com um dos formuladores do plano, a ideia é fazer uma análise do cenário financeiro nacional logo após a virada do ano. Dito isso, um anúncio de novas medidas aconteceria a partir do final de janeiro.

A respeito dos subsídios para o financiamento da medida, um membro da equipe econômica, em conversa com à Folha de São Paulo, informou que o Fundo não seria comprometido caso houve uma nova rodada de saques do FGTS, havendo margem suficiente para os pagamentos.

Não foram divulgados detalhes sobre o formato do programa e os valores que serão liberados para os trabalhadores em 2021 pelo FGTS. Como ocorrido em 2020, a previsão é de que as iniciativas sejam lançadas em fases, na avaliação do cenário pandêmico causado pelo coronavírus no país.

Leia ainda: FGTS libera pagamentos a partir de R$ 2.000 em nova modalidade; Confira


Veja mais sobre

Voltar ao topo

Deixe um comentário