scorecardresearch ghost pixel

3 vantagens de cartões que na verdade não são vantagens

Conheça as principais características dos cartões de crédito que são entendidas como vantagens, mas demandam muita cautela.

Você é daquelas pessoas que usa muito o cartão de crédito? Então precisa conhecer as limitações e os benefícios de usar esse meio de pagamento para pode saber exatamente o que você está recebendo de vantagem e o que é apenas uma característica do cartão.

1- Consumir antes e pagar é a primeira vantagem que não é exatamente uma vantagem. O ato de poder gastar agora e quitar a dívida só depois pode ser visto como um benefício, mas é apenas um grande motivo para ter controle financeiro. Portanto, encare o crédito como uma obrigação, não como um benefício.

2- A segunda falsa vantagem é o parcelamento. Se você parcela uma compra porque extrapolou o orçamento, lembre-se que no próximo mês terá que ter dinheiro suficiente para cobrir esse extra. Parcelar uma compra só é bom se você consegue se planejar, caso contrário terá que arcar com juros que podem vir a ser um grande problema no futuro.

Você também pode gostar: Os 15 melhores cartões de crédito brasileiros sem anuidade

3- As taxas de juros atrativas são a última falsa vantagem de um cartão de crédito. Ainda que uma instituição pratique taxas mais baixas do que as de outros bancos, deixar de pagar uma dívida continua tendo um custo altíssimo. Com uma taxa de crédito rotativo de 13,42% ao mês, por exemplo, uma dívida de R$ 1 mil chegará a R$ 4.581,35 ao final de 12 meses.

Depois de entender que essas três características do cartão não são necessariamente vantagens, o melhor a se fazer é usar o crédito com sabedoria. Evite gastar mais do que recebe, usar o crédito rotativo e planeje com cuidado suas finanças.

Leia mais: 6 Dicas práticas para alcançar estabilidade financeira e aposentadoria antes dos 55 anos


Voltar ao topo

Deixe um comentário