scorecardresearch ghost pixel

Uber e Digio oferecem empréstimo de até R$ 5 mil para motoristas e entregadores; Confira condições

O objetivo da Uber é aumentar o vínculo com seus prestadores de serviço e gerar fidelização. Confira as condições do empréstimo.

Com a pandemia, milhões de brasileiros acabaram perdendo sua fonte de renda ou sofrendo uma forte redução em seus ganhos. Para apoiar essas pessoas, a Uber e o banco digital Digio criaram juntos uma linha de crédito pessoal exclusiva para os prestadores de serviço da empresa de transporte privado por aplicativo.

Podem solicitar o empréstimo tanto os motoristas da Uber quanto os entregadores do Uber Eats, braço de serviços de entrega de comida da empresa. Se aprovado, o crédito é liberado pelo Digio, banco digital controlado pelo Bradesco e Banco do Brasil.

Condições do empréstimo

O valor do empréstimo concedido pela Uber e Digio varia entre R$ 1 mil e R$ 5 mil. A taxa de juros é de até 2,97% ao mês, sendo que o pagamento pode ser parcelado em até 12 meses.

Confira ainda: Os 15 melhores cartões de crédito brasileiros sem anuidade

Uma diferença da linha de crédito em comparação a outras modalidades disponíveis no mercado é que o pagamento é feito semanalmente, e não por mês, de forma semelhante ao modelo de trava de recebíveis. Conforme o saldo entra na conta do colaborador, a empresa retém os valores referentes ao pagamento do empréstimo. Em seguida, a Uber vai encaminhar os valores para o banco digital

A princípio, apenas mil colaboradores podem solicitar o empréstimo. Contudo, a intenção da empresa é ampliar a oferta para beneficiar mais pessoas. Atualmente, a Uber tem cerca de um milhão de motoristas e entregadores cadastrados na plataforma.

Parceria entre Uber e Digio

O objetivo da Uber, ao estabelecer a parceria com a Digio para disponibilizar o empréstimo, é aumentar o vínculo com seus motoristas e entregadores e gerar fidelização. Isso porque muitos desses colaboradores prestam serviços simultaneamente para outras empresas do mesmo segmento.

Leia também: Novidade em empréstimos: Banco Inter terá crédito pessoal com pagamento via cartão


Voltar ao topo

Deixe um comentário