scorecardresearch ghost pixel



8 cuidados básicos que fazem seus pneus durarem por muito mais tempo

Anote algumas dicas simples para evitar o desgaste e aumentar bastante a durabilidade dos pneus do seu veículo.



Em tempos de economia complicada como a que estamos vivendo no Brasil, economizar é muito importante. Quem tem um veículo precisa lidar com o alto preços dos combustíveis, o aumento no Imposto sobre Propriedade de Veículos Automotores (IPVA) e os custos mais elevados com manutenção.

Leia mais: Carro zero mais barato do país custa R$ 47 mil; Veja qual o modelo

Para fugir de tantos gastos, uma boa dica é cuidar bem do seu carro. E não tem como fazer isso sem dar atenção aos pneus, itens essenciais e que podem custar bastante na hora da troca.



Quer aprender como aumentar a durabilidade do seus pneus? Então confira oito dicas de ouro a serem seguidas:

1 – Calibrar

Pneus murchos afetam a direção do automóvel, aumentam o consumo de combustível e podem causar acidentes sérios. O equipamento precisa ser calibrado com frequência, de acordo com o indicado no manual do veículo, para evitar gastos e riscos desnecessários.

2 – Manter os originais

Apesar de muitos proprietários gostarem de modificar seus carros, nem sempre usar itens por pura estética é uma boa ideia. Se possível, opte por manter os pneus originais. Isso reduz o tempo de troca em até 50% e evita comprometimentos à segurança do motorista e passageiros.



3 – Ter cuidado na frenagem

Ao realizar uma freada muito brusca, o atrito com o asfalto destrói a borracha do pneu e deixa o item mais sujeito a furos e outros problemas. Por isso, não espere chegar até o último segundo para pisar no freio.

4 – Dirigir de maneira defensiva 

Conduzir o veículo de maneira defensiva aumenta a vida útil de todo o carro, inclusive do pneu. Quanto maior a velocidade, mais a borracha do item se desgasta. Adote uma postura defensiva no trânsito e veja seu caro durar por mais tempo.



5 – Evitar rodízio

Muitos condutores acreditam que fazer rodízio dos pneus ajuda a prolongar sua vida útil. No entanto, isso não só não é verdade como também pode oferecer riscos adicionais aos ocupantes do veículo. Faça a troca do item de acordo com a orientação do fabricante, que normalmente indica a substituição a cada 10 mil quilômetros rodados.

6 – Evitar buracos

Pode parecer bem óbvio, mas os buracos são péssimos para os pneus. Esses percalços podem deformar e até furar o item, deixando o motorista na mão. Eles também são causas comuns para acidentes, por isso fique atento para evitá-los.

7 – Fazer o balanceamento

É imprescindível realizar a manutenção do veículo no prazo correto para evitar desgastes. No caso de pneus e outros acessórios emborrachados, um balanceamento em dia pode fazer milagres.

8 – Estacionar no meio fio

Chega a doer o coração quando você estaciona no meio fio, não é mesmo? Para preservar seus pneus e não ter gastos desnecessários, tome muito cuidado na hora de estacionar e evite o contato do item com a calçada.




Voltar ao topo

Deixe um comentário