scorecardresearch ghost pixel



“Angustiante e fascinante”: é isso que defino novo suspense na Netflix

Filme traça uma história incrivelmente louca na mente dos espectadores. O Quarto Secreto está disponível para os assinantes da Netflix.



A Netflix lançou um novo filme do gênero suspense psicológico. “O Quarto Secreto” não é uma produção da plataforma, mas entrou no catálogo recentemente. O filme de 2018 promete uma trama bem amarrada e que prende o espectador do início ao fim.

Leia mais: Entenda porque o Instagram começou a exigir vídeos dos rostos dos usuários

O Quarto Secreto

O longa é cheio de pontos de virada, o que de fato gera um misto de surpresa e confusão. A história utiliza o conceito de realidade para confundir a cabeça de quem assiste. Claro, nada que estrague o filme, muito pelo contrário. Se a intensão é assistir um bom suspense, com certeza este é um deles.



O protagonista Henry inicia o filme logo após casar-se com Elizabeth (Abbey Lee). O casal se muda para uma suntuosa mansão e diz que toda a propriedade é da esposa. Mas existe uma exceção: um misterioso quarto. Elizabeth é impedida de acessar o local e partir daí a trama se desenrola.

A trama

Como sempre, a curiosidade é mais forte e a mulher que saber o que existe naquele cômodo. Henry é um cientista e usaria o quarto para realizar alguns experimentos. A insistência da esposa e a relutância de Henry provocam as primeiras crises do casamento.

A dúvida começa a surgir na cabeça da mulher em não entender se está sendo protegida ou castigada pelo marido. O objetivo do direto é justamente transmitir a mente de Elizabeth para os espectadores.



O filme conta com 1h45 de confusão e imersão em um roteiro incrível. O Quarto Secreto oscila entre angústia e fascínio. Vale a pena conferir esta grande obra.

Informações

Sinopse:

Adrían, mestre da Orquestra em Bogotá, era apaixonado por sua noiva Belém, mas ela sumiu misteriosamente após desconfiar de seu amado. Apesar de encontrar o consolo na música e em uma nova paixão, Adrían é assombrado pelo passado.

Data de lançamento: 16 de setembro de 2011 (Espanha);

Diretor: Andrés Baiz;

Produção executiva: Rodrigo Guerrero, Maria Zamora, Guadalupe Balaguer Trelles, Stefan Schmitz, María Zamora;

Autores: Hatem Khraiche, Arturo Infante;

Roteiro: Andrés Baiz, Hatem Khraiche, Arturo Infante.




Voltar ao topo

Deixe um comentário