scorecardresearch ghost pixel



Salário mínimo 2022 pode subir ainda mais e supera expectativas

Valores não representam ganho real, sendo reajustados apenas com base na inflação. Apenas o poder de compra do brasileiro será mantido.



Após a recente aprovação do Orçamento da União para 2022 pelo Congresso Nacional, que agora vai à sanção presidencial, ficou definido o valor do salário mínimo 2022. Previsto para vigorar a partir de 1º de janeiro, o piso nacional será de R$ 1.210 no ano que vem.

Leia mais: Aposentados e pensionistas do INSS receberão 14º salário do INSS por dois anos

Entretanto, segundo o colunista do GLOBO, Lauro Jardim, essa quantia pode subir ainda mais. De acordo com cálculos do Ministério da Economia, o valor do piso salarial deve ficar entre R$ 1.211 e R$ 1.212. Os valores não representam ganho real, sendo reajustados apenas com base na inflação.



Reajuste com base na inflação

A correção do salário mínimo é feita todos os anos, sendo um direito do trabalhador garantido pela CLT. A atualização no piso deve ser feita a partir do Índice Nacional de Preços ao Consumidor do mês de dezembro. Tal parecer dá margem para um piso nacional ainda maior do que o previsto pelo governo no Orçamento 2022.

A exigência, tendo como referência esse modelo de reajuste, busca garantir um aumento salarial justo a todos os trabalhadores com carteira assinada. A ideia é que eles consigam acompanhar e se adequar às mudanças dos fatores econômicos, como inflação, por exemplo. Dessa forma, o poder de compra do trabalhador é protegido.

Vale ressaltar que os R$ 1.210 são R$ 41,44 acima dos R$ 1.169 previstos pelo governo na divulgação da proposta orçamentária para 2022, no mês de agosto deste ano. De lá para cá, a inflação disparou, devendo fechar a 10,04% em 2021.




Voltar ao topo

Deixe um comentário