scorecardresearch ghost pixel



BMG antecipa até 10 anos de saque-aniversário do FGTS; Veja se vale a pena

Resgate antecipado de anos de saque do fundo pode ser realizado por qualquer trabalhador com saldo no fundo. Saiba como funciona na prática.



A antecipação do saque-aniversário do FGTS é uma modalidade de empréstimo que se tornou popular desde que foi lançada. Por ela, o trabalhador consegue retirar um número “x” de parcelas a receber de uma só vez e pagando uma taxa de juros mais baixa.

Leia mais: Trabalhadores perderam R$ 121 bilhões em saldo do FGTS com inflação de 2021

No caso do Banco BMG, a quantidade de parcelas a ser antecipada pode chegar a dez, quantitativo bem acima do oferecido no mercado, que é de três a cinco. A contratação do produto pela instituição é totalmente digital e está disponível em um dia útil após a solicitação.



Taxas de juros

A taxa de juros cobrada pelo serviço varia conforme a quantidade de anos antecipados pelo saque-aniversário. A taxa é de 1,99% ao mês para quem solicitar até seis anos de pagamento, de 1,92% ao mês para operações de sete a nove anos, e de 1,89% ao mês para a antecipação de 10 anos (10 parcelas).

Quem pode solicitar?

Para requerer o serviço, o cliente deve ter saldo em suas contas do FGTS, estar com o CPF regular junto à Receita Federal, além de cumprir com algumas exigências de segurança, dentre elas capacidade civil e comprovação de idade.

Como solicitar o saque-aniversário do FGTS?

Primeiramente, o cliente deverá acessar o aplicativo do FGTS, sob comando da Caixa Econômica Federal e selecionar a opção “Saque-aniversário”. Por ela, o usuário deve autorizar a consulta do valor presente na conta do FGTS pelo Banco BMG.



Lembrando que ao escolher a opção, o cliente deverá permanecer no regime do saque-aniversário por pelo menos 24 meses. Neste período, caso ele seja demitido sem justa causa, ele não poderá retirar integralmente o saldo do FGTS, tendo acesso apenas à multa de 40%, referente à multa rescisória.

Além disso, o valor das parcelas será debitado do saldo do FGTS no mês de aniversário do trabalhador, sem que ele precise se preocupar com boletos ou outro tipo de pagamento.

Vale a pena solicitar?

A antecipação do saque-aniversário do FGTS possui similaridades com as contratações de empréstimo. Porém, o resgate antecipado de valores do fundo conta com taxas de juros mais em conta, que variam entre 0,99% e 1,99%.

Neste caso, se garimpar bem, é possível encontrar valores mais em conta do que as praticadas pelo BMG. Por outro lado, como o banco garante uma antecipação mais longa, o cliente terá à disposição uma quantia maior de limite.

Mas, afinal, vale a pena requerer a antecipação do saque-aniversário? Isso vai depender da necessidade do trabalhador.

A dica dada por especialistas é a de optar pela linha somente em caso de a pessoa já estar endividada e se houver opções de crédito mais caras no mercado. Portanto, a organização financeira de cada pessoa será determinante na tomada de decisão envolvendo a modalidade.




Voltar ao topo

Deixe um comentário