scorecardresearch ghost pixel



Colocar o CPF na nota fiscal ajuda a aumentar o score?

Descubra de uma vez por todas se o uso do CPF no cupom fiscal de uma compra ajuda a melhorar sua reputação no termômetro da Serasa.



Durante uma compra, é comum ouvir a seguinte pergunta: “Deseja incluir o CPF na nota fiscal?”. O questionamento tornou-se bastante comum após governos estaduais darem início a programas de combate à sonegação de impostos. No geral, ao colocar o CPF na nota, o consumidor passa a concorrer a prêmios e outros tipos de vantagens.

Leia mais: Nome negativado: veja o que pode deixar seu CPF sujo na praça

Dentre esses benefícios, muitos acreditam que a medida ajude a aumentar o score de crédito na Serasa. Mas será que isso realmente acontece? Veja a seguir o que diz o órgão de proteção ao crédito em relação a isso.

CPF na nota aumenta o score de crédito?

De antemão, é necessário esclarecer que não existe nada que comprove que o registro do CPF na nota fiscal funcione como um fator para o cálculo do score de crédito. Dito isso, nenhum órgão de proteção, a exemplo, o SPC e Serasa, recorrem ao uso da nota fiscal para melhorar a pontuação do score de uma pessoa.



Por outro lado, existem certas atitudes que contribuem para o aumento do termômetro do bom pagador. Para quem não sabe, a pontuação, que vai de 0 a 1.000, tem o intuito de avaliar o risco de crédito que uma pessoa representa no mercado. Ou seja, se ela consegue pagar uma dívida ou não.

Tendo em vista que, para definir a pontuação de alguém são analisadas débitos vencidos, histórico de atrasos, pagamento em dia de contas, dentre outros fatores, a principal dica para quem quer aumentar o score de crédito é não atrasando nenhuma dívida (seja fatura do cartão, financiamento da casa, empréstimo, etc).

Além disso, caso o nome esteja sujo, fator que prejudica a subida do score, a sugestão é que o consumidor regularize sua situação o quanto antes. Mas atenção: após limpar o nome, pode levar um tempo até que o nível de confiança das empresas volte como antes. Por isso, evite que o seu nome entre para a lista de negativados.




Voltar ao topo

Deixe um comentário