scorecardresearch ghost pixel



Conheça os 5 estados que não vão pagar o novo valor do salário mínimo 2022

Algumas unidades federativas vão adotar o chamado "piso regional", que apresenta valores diferentes dos atuais R$ 1.212.



Desde o dia 1º de janeiro de 2022, entrou em vigor o novo salário mínimo. O presidente Jair Bolsonaro (PL) sancionou a medida que determina o piso nacional a R$ 1.212, uma alta de R$ 112 em comparação aos R$ 1.100 do ano passado. Foi usado para a correção o percentual acumulado do Índice Nacional de Preços ao Consumidor (INPC), que chegou a 10,18%.

Leia mais: Emprego: JBS oferece 118 vagas em diversos cargos

Com o reajuste, trabalhadores com remunerações vinculadas ao salário mínimo e segurados de benefícios do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) receberão um pouco mais a partir deste mês. No caso de quem possui carteira assinada, por exemplo, os valores de referência por dia e hora passaram a ser de R$ 40,40 e R$ 5,51, respectivamente.



Mas, vale destacar, apesar do reajuste, foi mantido apenas o poder de compra do brasileiro, sem possíveis ganhos reais.

5 estados que terão um salário mínimo diferente da média nacional

Na prática, praticamente todos os estados brasileiros utilizam como base o valor do salário mínimo estabelecido pelo governo federal.

No entanto, o valor do novo piso nacional não será o mesmo para que reside em Santa Catarina, Rio Grande do Sul, Paraná, Rio de Janeiro e São Paulo.



O que acontece é que nessas unidades federativas adota-se o chamado “piso regional”, que, em suma, é superior ao valor do salário mínimo nacional. Para saber mais, veja a seguir as estimativas correspondentes a cada estado:

  • Rio Grande do Sul: O piso regional foi reajustado em dezembro de forma retroativa a outubro, passando a valer as faixas entre R$ 1.305,56 e R$ 1.654,50.
  • São Paulo: o governo do estado ainda não estabeleceu o piso estadual para 2022,  porém já adiantou que não há estimativa de reajuste. Atualmente, está em vigor no estado o piso praticado em 2019, com faixas que vão de R$ 1.163,55 a R$ 1.183,33.
  • Santa Catarina: O piso estadual de 2022 será divulgado somente em março, mas com previsão de reajuste. Hoje em dia, está em vigor no estado o valor adotado em 2021, cujos pisos salariais passeiam entre R$ 1.281 e R$ 1.467.
  • Paraná: A estimativa do governo é de que o novo valor fique entre R$ 1.600 e R$ 1.870. Atualmente, o piso no estado varia entre R$ 1.467,40 e R$ 1.696,20.
  • Rio de Janeiro: o estado ainda não definiu o piso estadual para 2022. Está em vigor hoje em dia o piso adotado em 2019, cujas faixas de rendimento vão de R$ 1.238,11 a R$ 3.158,96.




Voltar ao topo

Deixe um comentário