scorecardresearch ghost pixel



Vale a pena rodar com gasolina ou etanol na estrada? Veja como calcular

Diante dos altos preços dos combustíveis, muitos consumidores ficam na dúvida de qual vale mais a pena. Aprenda a calcular a vantagem de dirigir com gasolina ou etanol.



Com os altos preços dos combustíveis no Brasil, o consumidor fica em dúvida na hora de abastecer. Afinal, será que vale mais a pena usar etanol ou gasolina? O etanol gasta mais na estrada também?

Para facilitar a vida do cidadão, vamos explicar alguns pontos que precisam ser levados em consideração. A autonomia do veículo é um fator importante para economizar um bom dinheiro no final do mês.

Veja também: Truques para economizar nas compras do supermercado

Primeiramente, é bom esclarecer que cada combustível apresenta suas vantagens e desvantagens próprias. Além disso, a escolha por um ou outro só deve ser feita em carros e motos com motor flex.

Dessa forma, nunca abasteça com etanol se o seu veículo é exclusivamente movido à gasolina. Da mesma forma, jamais utilize gasolina em um automóvel movido à etanol.



Vale mais a pena abastecer com etanol ou com gasolina

Em termos econômicos, existe uma maneira de saber qual tipo de combustível gera um gasto menor. Saiba quanto seu veículo consegue rodar no etanol e quanto ele roda na gasolina. Por exemplo, se seu carro faz 13 km/h na gasolina e 9 km/l no etanol, basta você a autonomia no etanol pela da gasolina.

Então, teremos 9 dividido por 13, cujo resultado é 0,69. Isso indica que compensa abastecer com gasolina, pois qualquer resultado maior do que 0,67 mostra que o valor da gasolina está compensando mais. Em outras palavras, vale mais a pena abastecer com etanol se o resultado for menor do que 0,67.



Resposta não é apenas matemática

Contudo, apesar da fórmula apresentada, não basta apenas a matemática para decidir sobre qual combustível usar. Primeiro, deve-se avaliar o desempenho geral do carro e se a manutenção está em dia.

Em veículos “desregulados”, pode ser que o motor renda mais com determinado combustível, diferente do que mostra a fórmula. Além disso, geralmente, o etanol oferece um desempenho maior de potência. Na estrada, as médias de autonomia podem ser bem maiores e o abastecimento com biocombustível se torna mais vantajoso.

O consumidor também pode levar em conta a carga de poluição emitida. Neste caso, o etanol gera menos prejuízos ambientais do que a gasolina. São diversas as variáveis que podem ser levadas em consideração na hora de optar por um combustível.




Voltar ao topo

Deixe um comentário