scorecardresearch ghost pixel



Novo vírus de volta ao Brasil pode zerar contas bancárias e resetar celulares

Ameaça também possui rastreamento por GPS e capacidade de controlar os aplicativos bancários da vítima.



Um vírus altamente perigoso voltou a circular no Brasil, conhecido por realizar fraudes bancárias. A primeira vez que ele foi identificado no país foi no ano de 2019. No entanto, agora, o malware retornou mais forte, capaz de causar danos mais graves aos dados e vida financeira das vítimas.

Leia mais: WhatsApp pretende lançar nova atualização envolvendo áudio: saiba mais sobre essa novidade de 2022

De acordo com informações preliminares, o vírus, chamado de BRata, consegue zerar contas bancárias e resetar o celular do usuário – método conhecido como “kill switch”. Neste caso, trata-se de uma ferramenta que realiza uma redefinição de fábrica e exclui todos os dados do aparelho.



Vírus circula via mensagem ou notificação bancária

A empresa que identificou a ameaça foi a Cleafy, que também declarou que o BRata possui rastreamento por GPS, capacidade de controlar os aplicativos bancários da vítima, manter a comunicação com servidores de controle, dentre outras funções de quebra de dados.

A Cleafy completou ainda em nota que o malware possui seus métodos personalizados para monitorar contas bancárias e demais ações realizadas em dispositivos móveis pelas vítimas –  como por exemplo, ao abrir o app do banco e digitar a senha, os criminosos automaticamente terão acesso às informações em tempo real.

É importante ressaltar que o BRata também estaria circulando não só no Brasil, mas em celulares de países da Europa, América Latina, além dos Estados Unidos. Ainda não se sabe ao certo se ele está se espalhando por meio de app de lojas oficiais. Porém, acredita-se que sua propagação seja feita por meio de mensagem de texto de pishing ou via alerta de notificação bancária.




Voltar ao topo

Deixe um comentário