scorecardresearch ghost pixel



Whatsapp Web mais seguro: Meta cria extensão para aumentar a proteção do aplicativo

O medo de ter uma mensagem vazada faz parte da vida das pessoas. A partir do momento em que os riscos crescem, as redes criam novas soluções.



A Meta, também responsável pelo Facebook e Instagram, desenvolveu uma extensão exclusiva para o WhatsApp que pode ser baixada a partir do Chrome, Firefox, Microsoft Edge e no próprio Meta Open Source. 

Veja também: Confira a novidade: WhatsApp ganha novo recurso de chamadas

A nova ferramenta que fica associada ao navegador, como outras extensões, tem o objetivo de aumentar a privacidade quando o uso do app ocorre no computador. Sendo assim, o WhatsApp Web passa a ter esse mecanismo, impedindo acessos duvidosos de hackers. 

Popularizado por apresentar facilidades comerciais e até no dia a dia, o código escaneado que permite o uso da plataforma em vários dispositivos tem recebido mais atenção. Sua facilidade, a necessidade de mais comunicação no home office e a alternativa de criar figurinhas são grandes vantagens apontadas pelo público. No entanto, nem todos se sentem protegidos, porque caso a pessoa escaneie o QR code para uma página com vírus, suas informações podem ser expostas.



E como a nova extensão do WhatsApp resolve esse problema?

A nova extensão Code Verify estabelece uma comparação simultânea e automática da tela inicial do WhatsApp web, quando você faz a leitura da série com a câmera do celular. Isso cria uma camada a mais de segurança, automatizando o processo de identificação de quem acessa a conta. Associada à criptografia, a tecnologia não tem acesso aos seus arquivos, apenas te alerta sobre os links sem legitimidade e não associados ao sistema oficial. 

Ao realizar o download gratuitamente vai aparecer um ícone de acesso perto da barra de pesquisa e automaticamente o verificador começa a funcionar. Se a página for suspeita você irá receber uma notificação instantânea na sua tela e fique atento às cores.

Os sinais vermelhos indicam que há algo de errado com o endereço, indicando golpes e falhas, já os amarelos representam risco intermediário, portanto, não continue o login. Ao perceber um sinal verde, pode ter certeza que o código está correto e seus dados estarão protegidos. 




Voltar ao topo

Deixe um comentário