scorecardresearch ghost pixel



Ainda não é Halloween, mas vale a pena conferir esses 5 filmes de bruxaria

A imagem da bruxa existe no imaginário popular há milhares de anos e até hoje muitos temem a sua aparição, só que não deixam de compartilhar e conhecer as diversas versões da sua história.



Filmes de terror têm o seu próprio público e entre os que gostam, existem aqueles mais medrosos e o grupo mais acostumado com os sustos das assombrações sobrenaturais. 

Veja também: Um dos filmes mais vistos na Netflix retrata a violência organizada na Polônia

Algumas produções buscaram retratar essa figura de uma maneira mais otimista, como no caso da animação ‘’Sabrina, a Bruxinha’’, mas ainda sim quando se fala em bruxas, as pessoas costumam pensar em um mundo sombrio. Tramas envolvendo feitiços, maldições e segredos nunca saíram das telas, ganhando sempre uma nova interpretação. 

Confira a lista dos melhores filmes de bruxaria já produzidos 

A bruxa de Blair (1999)

Na década de 90 três estudantes de jornalismo acabaram desaparecendo em uma floresta durante a noite. Anos depois uma fita com a gravação do que poderia ter acontecido foi encontrada, revelando imagens assustadoras. Meses depois um filme foi lançado contando a história do caso mais apavorante é responsável por ter causado pânico entre os jovens de Burkittsville, em Maryland. O filme ganhou um remake lançado em 2016.



A Bruxa (2015)

Ambientada na Idade Média, no século XV, uma família extremamente religiosa acusa uma mulher de ter sumido com uma criança. Tomada pelo clima de desconfiança e medo, uma histeria coletiva leva a população à loucura, mas será que os pensamentos deles eram reais ou apenas resultado de delírios baseados em comunicados da Igreja Católica? 

Hagazussa: A maldição da bruxa (2017)

Também tem como cenário o período medieval e narra as experiências de Albrun, que após ficar órfã começa a enfrentar sua própria consciência. À beira da sanidade e sem apoio, olhares tortos e até ameaças eram direcionadas na sua direção. Qualquer pensamento distante do catolicismo do século XVI a tornava uma grande inimiga, mas ela mesma sentia que algo a assombrava. 



Hereditário (2018)

Charlie é uma menina quieta e inteligente, mas a avó nutre uma atenção exagerada pela neta e depois de morrer o seu espírito não deixa a família em paz. A energia ruim que rondava a casa acompanhava seus moradores, em uma sequência de cenas perturbadoras, nas quais a relação entre a matriarca e a pequena vai sendo desenrolada. 

Suspiria: A dança do medo (2018)

Com certeza o balé é uma das danças mais encantadoras, mas algumas performances parecem tão perfeitas que apenas um mistério poderia explicar tamanha exatidão nos passos. Em movimentos expressivos a fim de demonstrar o horror de uma Alemanha dividida, a reprodução do clássico de 1970 retrata Susie, uma bailarina que chega a uma das equipes mais prestigiadas de Berlim quando a colega Patricia some misteriosamente. 




Veja mais sobre

Voltar ao topo

Deixe um comentário