scorecardresearch ghost pixel



Nubank libera R$ 50 no roxinho para usuários; Saiba como conseguir

Banco digital é conhecido por oferecer diferentes opções de crédito aos clientes. Conheça o novo recurso que libera R$ 50 de limite.



Quem possui uma conta no Nubank sabe que o banco digital dispõe de diferentes alternativas para atender os mais variados públicos. Como no caso do cartão de crédito com R$ 50 de limite. Isento de anuidade, esse modelo do roxinho tem funcionado como porta de entrada para muita gente.

Leia mais: Boato ou verdade: Nubank está liberando PIX de aniversário no valor de R$ 400?

O cartão de crédito Nubank com limite de R$ 50 é oferecido aos clientes que não possuem um histórico financeiro favorável ou significativo. Dito isso, considerando os riscos, o banco digital disponibiliza um poder de compra inicial baixo, mas que pode ir aumentando com o passar do tempo.



 

Público-alvo do cartão Nubank de R$ 50

Recebem o cartão Nubank com limite pouco significativo os clientes com conta digital no roxinho que possuem score de crédito baixo ou que acabaram de sair de uma fase de negativações e estão com o histórico financeiro em fase de recuperação.

Além disso, pessoas que estão dando os primeiros passos em relação às finanças pessoais também podem encontrar dificuldade em receber de imediato um limite alto no cartão de crédito Nubank.  É necessário abrir uma conta no app do Nubank para solicitar a ferramenta.



 

6 dicas para aumentar o limite do cartão Nubank

Apesar do baixo limite oferecido para algumas pessoas, a fintech dá dicas de como aumentar o limite do cartão de crédito Nubank mais rápido. Confira:

  1. Concentre os gastos no cartão de crédito;
  2. Mantenha o nome limpo no SPC e Serasa;
  3. Atualize sua renda no aplicativo sempre que ela mudar;
  4. Construa um relacionamento com o banco para alcançar metas e a confiança da empresa;
  5. Pague as faturas sem atraso, até a data de vencimento; e
  6. Evite utilizar o crédito rotativo e pague a fatura em sua totalidade.




Voltar ao topo

Deixe um comentário