scorecardresearch ghost pixel



Novo valor do vale-gás já foi divulgado? Reajuste deve ocorrer

Programa municipal que atende milhares de famílias de baixa renda pode ter aumento para acompanhar alta do item.



O Auxílio Gás, popularmente conhecido como vale-gás, é um benefício social do governo federal voltado para famílias de baixa renda. Contudo, ele não é o programa com esse fim, já que governos de diversos municípios e estados têm iniciativas próprias para ampliar o acesso ao item.

Leia mais: Liberado desconto de 100% do IPVA: Veja como ter acesso à isenção

Em Brasília, o chamado Cartão Gás atende cerca de 70 mil pessoas em situação de vulnerabilidade social. O repasse é de R$ 100 por contemplado, valor que pode ser usado exclusivamente na compra do gás de cozinha em estabelecimentos cadastrados.



Considerando os recentes aumentos nos preços do item, o governador de Brasília, Ibaneis Rocha (MDB), afirmou que a próxima parcela deve sofrer reajustes. De acordo com dados da Agência Nacional de Petróleo (ANP), o preço médio do botijão de 13 kg chegou a R$ 115 em abril.

Ele também criticou quem culpa os governos locais pela disparada nos preços do produto. “Mesmo com o ICMS (Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços) congelado e com a redução da alíquota, infelizmente os combustíveis têm cada vez mais afligido a nossa população e temos uma preocupação muito grande esse ano, com alimentos subindo, inflação alta e combustíveis. Isso nos preocupa muito. Tem repercussões muito importantes com isso”, afirmou.

Regras do programa

Os repasses ocorrem a cada dois meses, e o próximo está previsto para junho. Para participar, é necessário ter cadastro ativo no Cadastro Único (CadÚnico), com renda mensal familiar de meio salário mínimo por pessoa.



“Conforme regulamento do programa, o beneficiário tem até quatro meses para retirar o cartão e utilizar o crédito, senão perde o benefício. Por isso, é importante que as famílias fiquem atentas à data para retirada do Cartão Gás nas agências do BRB”, lembra Mayara Noronha Rocha, secretária de Desenvolvimento Social.

Para verificar se sua família foi contemplada, acesse o site GDF Social e consulte o local e data de retirada dos cartões em uma das agências do Banco de Brasília (BRB).




Veja mais sobre

Voltar ao topo

Deixe um comentário