scorecardresearch ghost pixel



Receita Federal vai pagar restituição do IR de anos anteriores

A Receita Federal vai começar a pagar a restituição do IR referente aos anos anteriores. Veja como consultar os valores e o que fazer para ter direito a receber o dinheiro.



A Receita Federal vai liberar um lote de restituição do Imposto de Renda (IR) para pessoas que caíram na malha fina do ano passado. A restituição do IR é apenas para quem já regularizou a situação junto ao fisco. O crédito vai atender cerca de 210 mil brasileiros a partir do dia 29 de abril.

Veja também: Melhores dicas para não ser enganado na hora de abastecer o carro

De acordo com a receita, o valor total deste lote de restituição do IR pode chegar a mais de R$ 180 milhões. Desse total, mais de R$ 72 milhões serão destinados aos contribuintes que têm preferência legal no recebimento dos valores devidos.

Ao todo, são 3.188 pessoas com mais de 80 anos de idade, 25.119 que têm entre 60 e 79 anos, 2.296 para pessoas com algum tipo de comprometimento de saúde. Além destes, há também 9.203 pessoas cuja fonte de renda é apenas o magistério.



 

Como fazer para consultar a restituição do IR?

Se você está entre os contribuintes brasileiros que devem receber valores de restituição do IR passado, é possível fazer a consulta. Para isso, basta entrar no site da Receita Federal e clicar na opção “Meu Imposto de Renda”. Depois, vá em “Consultar restituição”. A página apresenta todas as orientações e os canais oficiais para contato a fim de obter os dados da restituição do IR.

Vale destacar que, em casos de divergências, o cidadão tem a possibilidade de fazer a retificação do documento. Assim, dá para corrigir as informações declaradas ao Fisco.



 

Restituição do IR atrasada: para onde vai?

Além disso, lembre-se de que a restituição do IR é creditada diretamente na conta bancária cadastrada pelo brasileiro. Os valores que não encontrarem conta válida, ficarão à disposição no Banco do Brasil. O atendimento do BB se dá pelos telefones 4004-0001 (na capital) e 0800 729 0001 para todas as demais localidades.

Se o resgate não ocorrer em até um ano, o requerimento precisa ser feito junto ao governo, no portal e-CAC. Fique atento para não perder os prazos.




Voltar ao topo

Deixe um comentário