scorecardresearch ghost pixel



Auxílio Brasil: Bolsonaro confirma aumento de R$ 400 para R$ 600

Acréscimo de R$ 200 no principal benefício de transferência de renda está previsto para durar até o mês de dezembro deste ano.



Nesta terça-feira, 28, o presidente Jair Bolsonaro (PL) esteve presenta na cerimônia de entrega dos residenciais Parque da Lagoa, Alameda do Farol e Alameda Jatiúca, no município de Maceió (AL). Em seu discurso, o governo confirmou o aumento do Auxílio Brasil de R$ 400 para R$ 600 por meio da proposta de Emenda à Constituição (PEC) dos Combustíveis.

Leia mais: Aumento de R$ 200 no Auxílio Brasil vai acontecer quando?

A menos de 4 meses do pleito eleitoral, o presidente Bolsonaro tem atuado para aprovar algumas mudanças em programas sociais e outros que envolvem a redução dos preços dos combustíveis. A mais recente investida está no aumento do Auxílio Brasil, que terá uma acréscimo de R$ 200 até dezembro.

“Gastamos, em 2020, o equivalente a 15 anos de Bolsa Família. E, logo depois, no final do ano passado, com o apoio da Câmara e do Senado, não tivemos o apoio de partidos da esquerda, infelizmente, mas aprovamos o Auxílio Brasil que substitui o Bolsa Família. O Bolsa Família pagava, em média, R$ 190, nós passamos para, no mínimo, R$ 400. E com um detalhe: quem conseguir emprego não perde o auxílio. No passado, perdia o Bolsa Família”, declarou o mandatário durante o evento.



“E, no dia de hoje, estão a Câmara e o Senado discutindo uma Proposta de Emenda à Constituição (PEC)  que nós passaremos o Auxílio Brasil de R$ 400 para R$ 600. Deixo claro que outras medidas estão sendo tomadas”, completou.

Benefícios para as mulheres e perdão aos estudantes

Sobre a expansão do programa de transferência de renda, Bolsonaro declarou que a nova medida também beneficiará mulheres com até duas cotas do benefício. “Também, no Auxílio Brasil, as mulheres em certas condições passam a ganhar R$ 1,2 mil por mês. Ou seja, é um governo que tem um olhar especial para os mais humildes, no momento difícil que, não apenas o Brasil, o mundo todo atravessa”, disse o chefe do Executivo.

Bolsonaro também falou sobre a pandemia da Covi-19, dizendo que ela inviabilizou muita ações do seu governo. Por outro lado, o presidente citou alguns feitos realizados durante sua gestão, como a criação do PIX, o andamento das obras da transposição do Rio São Francisco e o perdão de até 99% das dívidas de estudantes pelo Fundo de Financiamento ao Estudante do Ensino Superior (Fies).




Voltar ao topo

Deixe um comentário