scorecardresearch ghost pixel



Bolsonaro diz que privatização da Petrobras vai levar 4 anos ‘se tudo der certo’

Presidente Jair Bolsonaro retoma críticas à política de preços e fala sobre possível venda da empresa estatal.



O presidente Jair Bolsonaro afirmou em entrevista à RedeTV! que a privatização da Petrobras deve ocorrer em quatro anos, se tudo sair conforme planejado pelo governo. Ele também voltou a criticar a política de preços da empresa, afirmando que a estatal “quer mais é arrancar dinheiro do povo”.

Leia mais: Com risco de desabastecimento, Bolsonaro fala em campanha para economizar combustível

“A Petrobras no momento não tem qualquer responsabilidade e quer mais é arrancar dinheiro do povo. Quanto mais caro está o combustível, mais eles ganham, mais eles pagam para os acionistas, mais eles mandam para fora do Brasil”, disse Bolsonaro.

Segundo o chefe do Executivo, o Planalto estuda alterar presidência e a diretoria da companhia para escancarar o que chamou de “caixa-preta”.  Ele disse ainda que o governo não conhece o funcionamento do mecanismo de paridade de preço com o mercado internacional, embora seja o maior acionista da empresa.



Ao falar sobre a privatização planejada há anos por sua equipe, Bolsonaro estimou que o processo de venda da Petrobras deve levar cerca de quatro anos.

Mais cedo neste mês, o presidente demitiu o ministro de Minas e Energia e colocou Adolfo Sachsida no comando. Pouco depois, proveu uma nova troca e nomeou Caio Paes de Andrade como chefe da pasta. Desde então, o assunto da desestatização da petroleira ganhou mais força.




Voltar ao topo

Deixe um comentário