scorecardresearch ghost pixel



Descubra se o governo pretende pagar um novo abono PIS/Pasep em 2022

Trabalhadores que atuaram com carteira assinada no ano de 2021 ainda não receberam o abono salarial PIS/Pasep.



O calendário de pagamento do abono salarial PIS/Pasep referente ao ano-base 2020 terminou em março para cerca de 23 milhões de trabalhadores. Agora, quem trabalhou formalmente em 2021 quer saber se haverá um novo repasse ainda em 2022.

Leia mais: Bolsonaro diz que vale-alimentação em dobro está ‘praticamente acertado’

A princípio, o governo paga o benefício no ano seguinte ao período trabalhado. Contudo, a equipe de Jair Bolsonaro decidiu adiar a liberação do abono que ocorreria no ano passado, com o objetivo de poupar dinheiro durante a pandemia.

Desta forma, quem trabalhou em 2020 só recebeu o PIS/Pasep agora. Já os que atuaram em 2021 possivelmente só terão acesso ao benefício no próximo ano, uma vez que o governo optou por um novo adiamento e já confirmou que não planeja pagar outra parcela agora.



Quem tem direito?

O abono salarial PIS/Pasep é um direito de funcionários da iniciativa privada e de servidores públicos que cumprem os seguintes requisitos:

  • Estar inscrito no PIS/Pasep há pelo menos cinco anos;
  • Ter recebido, em média, até dois salários mínimos por mês no ano considerado para apuração;
  • Ter exercido atividade remunerada para pessoa jurídica durante no mínimo 30 dias, consecutivos ou não, no ano-base;
  • Estar com os dados informados corretamente pela empresa na RAIS (Relação Anual de Informações Sociais)/ eSocial.

Para consultar informações sobre o abono, acesse o aplicativo Carteira de Trabalho Digital ou ligue para o número 158. Outra opção é entrar em contato com o banco pagador, sendo a Caixa Econômica Federal no caso do PIS, e o Banco do Brasil do Pasep.




Voltar ao topo

Deixe um comentário