scorecardresearch ghost pixel



Entenda as razões do aumento do consumo de insetos comestíveis

Alimentos produzidos a partir de insetos são a esperança alimentar do futuro. São opções ricas em proteínas e com boa fonte de energia.



Você já imaginou comer uma porção requintada de gafanhotos secos cobertos com chocolate, ou almôndegas de insetos, ou que sabe um delicioso hambúrguer de besouro?

Veja também: É melhor comer a clara ou a gema do ovo para ter mais benefícios? Descubra agora

Provavelmente não, mas esses cardápios são comuns em diversos países no mundo. Você pode até fazer cara feia e achar nojento, mas a verdade é que existem cerca de 2 bilhões de pessoas no mundo que consomem regularmente alimentos à base de insetos, conforme divulgado pela Organização das Nações Unidas para a Agricultura e Alimentação (FAO).

Por que as pessoas comem insetos?

O consumo de insetos como alimento, também chamado entomofagia, é um hábito cultural de países como a China e outras nações localizadas no Sudeste Asiático, mas que vem crescendo em outras partes do mundo, principalmente devido a fatores comportamentais e tendências.  

Insetos são nutritivos

Muitos consideram que os insetos são o alimento do futuro, uma solução para países pobres que vivem em conflitos militares, como algumas nações africanas. Principalmente, porque são opções ricas em proteínas e com boa quantidade calórica, que se torna uma boa fonte de energia, portanto trata-se de uma solução para acabar com a fome.



Existe mercado para consumo de proteínas de insetos

Conforme o mercado consumidor vai verificando que o consumo de tais alimentos produzem efeitos benéficos ao organismo, e conforme a demanda aumenta, mais pessoas estão abertas ao consumo de insetos.

 Cada vez mais a oferta de mercado tem aumentado, chegando a ser comercializado de maneira online. É possível comprar opções de biscoitos, chocolates e farinha à base de insetos através do comércio eletrônico da Amazon. 

A tendência do consumo de insetos no ocidente 

Por aqui as barreiras que impedem o consumo deste tipo de alimento ainda são muito fortes. A maioria das pessoas possuem aversão ao consumo de insetos na forma alimentar. Podemos considerar que os fatores que levam a isso sejam, principalmente devido ao clima, geografia e hábitos culturais.

Mas, nem por isso, algumas startups deixam de realizar pesquisas e investimentos no ramo de alimentos derivados de insetos. Existem até fazendas responsáveis em cultivar insetos e promovê-los como um superalimento, capaz de produzir bons efeitos ao organismo.

Se a ideia de consumir alimentos à base de insetos vai vingar, veremos com o tempo!




Veja mais sobre

Voltar ao topo

Deixe um comentário