scorecardresearch ghost pixel



Esse alimento fortalece a imunidade e ajuda a enxugar as gordurinhas

O gengibre é uma raiz que provoca bons efeitos no organismo. É eficaz no emagrecimento e para fortalecer o sistema imune.



Se você anda sempre resfriado ou quem sabe indisposto significa que a sua imunidade pode estar baixa. E para solucionar esse quadro você pode apostar em alimentos ricos em vitaminas que agem como fortalecedores do sistema imune. 

Veja também: 8 alimentos para aumentar a inteligência e o raciocínio

O gengibre possui substâncias químicas que ajudam no combate de vários problemas de saúde, por isso, é tão usado na forma medicinal em chás, temperos e em bebidas.

Gengibre: por que esse alimento fortalece o sistema imune e queima calorias

 No gengibre encontramos compostos anti-inflamatórios e antioxidantes, bem como, sais minerais como potássio e magnésio que desempenham funções importantes para o sistema nervoso, além de promover relaxamento muscular, fazendo bem até para os músculos do coração.



Possui também um elemento chamado de gingerol, responsável por suas funções antioxidantes, antimicrobiana, anti-inflamatória, além de ser responsável pelo sabor picante característico da raiz.

Os efeitos terapêuticos fornecidos pelo gengibre se dão por conta de alguns componentes que agem em conjunto, tais como, felandreno, zingibereno e zingerona.

Além disso, o gengibre possui compostos termogênicos que fazem o metabolismo funcionar mais rápido promovendo a queima de gordura.

Ajuda na imunidade

Por conter ação anti-inflamatória e antimicrobiana, além do gingerol, permite ao gengibre eficácia para combater doenças infecciosas, ou seja, fortalecendo o sistema imunológico.

Um artigo publicado na revista Phytotherapy Research, destaca a relação da raiz em doenças inflamatórias na cavidade da boca e gengiva.

Ameniza cólicas menstruais

Durante o ciclo menstrual, tomar chá de gengibre atenua os desconfortos causados por cólicas devido às propriedades anti-inflamatórias e relaxantes.



Ajuda no emagrecimento

Como a raiz acelera o metabolismo, isso possibilita que ocorra mais queima de gorduras, consequentemente, contribuindo para o emagrecimento.

Uma pesquisa feita na Universidade de Columbia, nos Estados Unidos, comprovou essa tese através do experimento em 10 homens com sobrepeso. O estudo concluiu que o consumo da raiz está relacionado ao aumento de gasto de energia, além de diminuir a saciedade.

Por fim, não resta dúvida de que a raiz contribui de maneira muito positiva em vários aspectos na saúde, no entanto seu consumo deve ser cauteloso, principalmente em mulheres gestantes, em pessoas com hipertireoidismo, hipertensão ou que utilizam medicações anticoagulantes.




Veja mais sobre

Voltar ao topo

Deixe um comentário