scorecardresearch ghost pixel



Saques PIS/Pasep 2019 e 2020 ainda estão liberados; faça a consulta já!

Trabalhadores que esqueceram o dinheiro do programa de anos anteriores ganharam uma nova chance de saque em 2022.



O abono salarial PIS/Pasep para quem trabalhou no ano de 2019 ainda está disponível para saque. Podem solicitar o dinheiro os trabalhadores que deveriam ter recebido o dinheiro entre julho de 2019 e junho de 2020, mas que acabaram perdendo o prazo. Agora, eles contam com uma nova chance até dezembro deste ano.

Leia mais: Saque triplo do PIS/Pasep: como garantir o seu em 2022?

Quem também pode sacar o PIS/Pasep esquecido são os trabalhadores que exerceram atividade com carteira assinada, por sua vez em 2020. O calendário desse grupo foi liberado em fevereiro deste ano e encerrado em março. O prazo máximo de regate dos valores vai até 29 de dezembro.



Quem pode sacar o abono esquecido?

Pode sacar o benefício o cidadão que cumprir os seguintes requisitos:

  • Ter recebido, em média, até dois salários mínimos mensais com carteira assinada em alguns dos anos-base (2019 ou 2020);
  • Ter exercido atividade remunerada durante, pelo menos, 30 dias também nos anos de referência;
  • É necessário que o trabalhador já estivesse inscrito no PIS/Pasep há pelo menos 5 anos também nos respectivos anos; e
  • Os trabalhadores com os dados atualizados pelo empregador na Relação Anual de Informações Sociais (Rais) ou e/Social, conforme categoria da empresa.

Como consultar o abono salarial esquecido?

Os trabalhadores podem consultar se possuem acesso ao saque do abono salarial por meio do aplicativo Carteira de Trabalho Digital ou telefone 158. Os valores para quem recebeu o abono de 2019 variam entre R$ 92 e R$ 1.100, e do ano-base 2020 ficam entre R$ 101 e R$ 1.212.



Como sacar o abono ano-base 2019?

No caso de quem perdeu o abono de 2019, é possível fazer uma requisição do valor esquecido por meio de algumas das seguintes formas:

  • De modo presencial, indo com um documento com foto em uma das unidades regionais do Ministério do Trabalho; ou
  • Por meio do e-mail [email protected] No lugar de “uf”, basta colocar a sigla do estado em que o trabalhador reside.

O prazo para a remissão vai até 29 de dezembro deste ano. Quem perder o prazo do pedido terá que aguardar o próximo calendário do PIS/Pasep para uma nova requisição.




Voltar ao topo

Deixe um comentário