scorecardresearch ghost pixel



Bolsonaro confirma data de pagamento dos R$ 1.000 aos caminhoneiros

Cerca de 900 mil transportadores autônomos de carga terão acesso aos valores. Benefício para taxistas também começará em breve.



O auxílio dos caminhoneiros aprovado na PEC dos Benefícios ou PEC das Bondades será pago na primeira quinzena de agosto. A confirmação foi feita pelo presidente Jair Bolsonaro (PL) em uma publicação no Telegrama. O mandatário também declarou que serão realizados dois pagamentos no próximo mês aos taxistas.

Leia mais: Veja como se inscrever no CadÚnico HOJE para receber Auxílio Brasil, BPC e Tarifa Social

No caso dos caminhoneiros, o valor pago ficou estipulado em R$ 1 mil, a ser repassado a cerca de 900 mil transportadores autônomos de carga. Conforme ressaltou Bolsonaro, o voucher para a categoria faz parte de um série de benefícios que foram incluídos na promulgação da PEC, que também concretiza os aumentos do Auxílio Brasil e vale-gás.



Quem vai receber o voucher para caminhoneiros?

Segundo as regras anunciadas até o  momento, receberão os recursos apenas os transportadores autônomos cadastrados no Registro Nacional de Transportadores Rodoviários de Cargas (RNTRC) até 31 de maio de 2022. A ideia é evitar a busca por novos registros e o recebimento indevido do dinheiro.

Até quando o benefício será pago?

A PEC promulgada na última semana mostra que os benefícios nela inclusos só terão validade até o mês de dezembro deste ano. A proposta permite que o governo gaste R$ 41,23 bilhões com os auxílios mesmo diante da proximidade das eleições.



Muitos parlamentares criticaram o pacote de ações, alegando se tratar apenas de uma atitude eleitoreira. Em contrapartida, tanto o presidente quanto sua equipe afirmam que o cenário atual exige a tomada de medidas emergenciais até o fim do ano.

Aumento de benefícios

Durante a publicação, o presidente Bolsonaro ainda falou do aumento de R$ 200 no valor do Auxílio Brasil, que valerá R$ 600 também a partir de agosto. O vale-gás, atualmente pago em R$ 53, também passará por reajuste, passando a custar o valor inteiro de um botijão de gás de 13 kg, aproximadamente R$ 120 (média nacional).




Voltar ao topo

Deixe um comentário