scorecardresearch ghost pixel



Conheça as características em comum das pessoas com psicopatia

Apesar de polêmico, muitos acabam conhecendo esse tipo de condição psicológica a partir de filmes e séries, mas na vida real é possível observar sinais de que alguém atende a esses critérios.



Só de falar em psicopata algumas pessoas ficam com medo, associando algumas notícias que se popularizaram, envolvendo crimes graves.

A violência e atitudes irracionais são frequentemente associadas a essas situações. Entre serial killers e maníacos, provavelmente você conhece algum caso trágico em relação a esse assunto que vem ganhando os holofotes da mídia e dos pesquisadores.

Veja também: As principais características de pessoas que nasceram para ter dinheiro

Médicos e cientistas pesquisam o fenômeno da psicopatia há muito tempo, o que faz com que a literatura médica seja relativamente completa.

Considerada distúrbio psicológico que envolve problemas sociais, na qual a interação é comprometida, a Lista de Verificação de Psicopatia Revistada  (PCL-R) foi publicada envolvendo um estudo sobre essa questão. 



O perfil dos psicopatas vai além do que a sociedade considera em relação a essa condição psiquiátrica 

Características desse desvio foram observadas em alguns personagens famosos da ficção e da vida real, que absorvem o caráter de um psicopata.

Entre os nomes, Ted Bundy, James Bond, Clyde Barrow, Bernie Madoff e Sherlock Holmes estavam na lista. Nesse sentido, o único que gerou certa dúvida em relação às descrições ou não foi o detetive Holmes.

Dessa forma, a análise reforçou quais são os sinais típicos dos psicopatas que não fazem o tratamento adequado. Entre essas atitudes estão a ousadia, assertividade, emoções intensas, perfil dominador e pouca ansiedade.

Outros aspectos que apareceram, embora de forma mais branda, estão ligados a hostilidade e insensibilidade, geralmente notadas pelo senso comum. Lembrando que é necessário ter cuidado ao julgar erroneamente alguém que só está intransigente por fatores externos. 




Voltar ao topo

Deixe um comentário