scorecardresearch ghost pixel



Moedas coloridas da Independência: veja se ainda dá para comprar!

Assim que começaram as vendas, o site do Clube da Medalha passou por instabilidade e muita gente não conseguiu comprar os itens.



No último dia 26 de julho, o Banco Central (BC) lançou as moedas comemorativas dos 200 anos da Independência do Brasil. A procura foi tanta desde o lançamento que as peças já se encontram esgotadas. Elas foram colocadas à venda no site Clube da Medalha, sob comando da Casa da Moeda.

Leia mais: Moeda brasileira rara: descubra quais são os itens mais cobiçados

A emissão das moedas coloridas surgiu como forma de celebrar o bicentenário da Independência do Brasil, a ser comemorado no dia 7 de setembro de 2022. Assim que começaram as vendas das peças, o site passou por instabilidade, o que fez com que muita gente não conseguisse colocar as mãos nos itens de colecionadores.



No dia 28 de julho, foi emitido o comunicado pela Casa da Moeda informando que a primeira tiragem das peças havia se esgotado. Confira o texto da publicação:

“A tiragem inicial das moedas comemorativas alusivas aos 200 anos da Proclamação da Independência encontra-se esgotada. Aguardaremos o prazo final para o pagamento dos pedidos realizados. No caso de qualquer desistência, as unidades serão recolocadas à venda”.

Moeda R$ 2 Comemorativa 200 anos da Independência
Moeda R$ 2 Comemorativa 200 anos da Independência (Foto: Reprodução/Banco Central)
Moeda R$ 5 Comemorativa 200 anos da Independência
Moeda R$ 5 Comemorativa 200 anos da Independência (Foto: Reprodução/Banco Central)

Mas, afinal, será feita uma nova tiragem das moedas?

Dados do BC mostram que foram produzidas 5 mil moedas de prata, com a estampa de R$ 5, e outras 10 mil de cuproníquel, com a estampa de R$ 2. No entanto, a autoridade declarou que as tiragens de ambos os modelos podem chegar a 20 mil e 40 mil unidades, respectivamente.



Essa possibilidade de novas tiragens das moedas coloridas certamente aumenta a expectativa de quem não conseguiu comprar os itens, seja por dificuldade no acesso ao site ou porque não ficou sabendo a tempo da novidade.

Um ponto importante a ser dito é que as moedas da Independência não vão entrar em circulação como as demais. Elas foram pensadas como itens para colecionadores, com valores de venda diferentes dos trazidos nas estampas. Enquanto a moeda de prata custa oficialmente R$ 420, a de cuproníquel vale R$ 34.




Voltar ao topo

Deixe um comentário