Concurso Banco do Brasil 2019: Postos vagos aumentam chances de novo edital

Apesar de ter publicado edital há pouco tempo, a necessidade de novas contratações aumenta as chances de realização de um novo certame.

O Banco do Brasil é uma instituição financeira de economia mista em que a União possui boa parte das ações. Sediado em Brasília, o banco possui mais de 5 mil agências espalhadas por todo o território nacional.

Mais de 109 mil funcionários, lotados em todas as regiões do país, compõem o quadro de servidores. A admissão de grande parte deles, os chamados efetivos, acontece via concurso público, que é um dos mais tradicionais e concorridos do país.

Confira abaixo um apanhado geral sobre a situação do órgão nos últimos anos, bem como as previsões em relação ao edital do concurso Banco do Brasil 2019.

Concurso Banco do Brasil 2019

Sem dúvidas, um dos concursos mais aguardados para 2019 é o do Banco do Brasil. Apesar de ter aberto uma seleção em 2018, ela não foi suficiente para suprir toda a necessidades de reposição de funcionários. Além disso, as oportunidades foram exclusivas para três localidades, excluindo as demais que precisam de novos servidores.

Comece a estudar: Apostila para Escriturário – Banco do Brasil 2018

O déficit segue grande em todas as regiões do país e interfere diretamente no bom funcionamento das agências. No nordeste a situação é um pouco mais grave do que no restante do Brasil, já que o último concurso com vagas para a região aconteceu em 2015.

Além disso, atualmente não há concurso válido para atendimento em nenhuma localidade do país. Mesmo assim, não há previsão para abertura de seleções públicas na área.

Em relação a escriturários, a situação não é diferente. Apesar do certame recente, a carência é de mais de 10 mil profissionais, conforme dados da Contraf-CUT, que representa trabalhadores do ramo financeiro.

A baixa no número de servidores tem sido pauta de muitas reuniões entre membros de sindicatos e representantes do Banco do Brasil. Porém, até o momento, não há nenhuma expectativa para a publicação de editais.

Concurso Banco do Brasil 2018

O Banco do Brasil publicou edital de concurso público pela última vez em 07 de março de 2018. A seleção disponibilizou 60 vagas para a carreira de escriturário, divididas igualmente entre contratação imediata e composição de reserva técnica.

Para concorrer a uma das oportunidades foi necessário comprovar ensino médio completo, dentre outros requisitos constantes no edital.

Uma observação importante é que, apesar de as vagas serem para escriturário, tradicionalmente uma área administrativa, o conteúdo programático do concurso visou a seleção de profissionais com perfil de TI, que é uma das áreas em que o órgão mais tem investido.

A execução do certame ficou a cargo da Fundação Cesgranrio, uma das bancas mais tradicionais, e difíceis, do país. De acordo com informações da organizadora, 107.304 pessoas se inscreveram no pleito, sendo as vagas voltadas para o estado de São Paulo as mais concorridas, com mais de 37 mil inscrições.

Além de São Paulo – SP, houve oportunidades para as cidades do Rio de Janeiro – RJ e Brasília – DF. Porém, um item do regulamento se destacou entre os demais. No concurso Banco do Brasil 2018 os candidatos tiveram classificação única, ou seja, a ordem geral de classificação foi nacional.

Na prática, isso significa que a lotação dos aprovados pode ser feita em qualquer uma das três cidades, de acordo com as necessidades do órgão.

Os candidatos foram avaliados por meio de prova objetiva e de redação, aplicadas no dia 13 de maio de 2018. A homologação do resultado final foi divulgada pela organizadora no dia 04 de julho do mesmo ano. A contar da referida data, a seleção terá validade de 12 meses, prorrogáveis por mais 12 meses.

As normativas estão disponíveis integralmente no edital concurso Banco do Brasil 2018.

Quanto ganha um funcionário do Banco do Brasil?

De acordo com as disposições do regulamento mais recente, os aprovados terão salário inicial de R$ 2.718,73, em cumprimento de jornada de trabalho de 30 horas semanais.

Contudo, a instituição financeira oferece uma série de benefícios, aumentando consideravelmente os ganhos dos servidores. Entre eles estão: auxílio-alimentação, auxílio-refeição, vale-cultura, auxílio-transporte, plano de saúde e odontológico, participação nos lucros e muito mais.

Os contratos com os aprovados serão celebrados via Consolidação das Leis de Trabalho (CLT), portanto, regime celetista.

O que estudar para o concurso Banco do Brasil?

Ao buscar aprovação em um certame, a montagem de um esquema de estudos é uma das etapas mais importantes. Para fazê-la de maneira mais eficiente, nada melhor do que conhecer as matérias mais recorrentes e estudá-las com mais afinco.

No último certame a prova objetiva dos concorrentes constou de 70 questões de múltipla escolha, sendo 20 de conhecimentos básicos e 30 de conhecimentos específicos. Vale lembrar que as perguntas específicas tiveram um peso maior, representando 75% da pontuação total.

O conteúdo programático presente no edital foi composto pelas seguintes matérias.

Conhecimentos básicos:

  • Língua Portuguesa
  • Língua Inglesa
  • Matemática
  • Atualidades do Mercado Financeiro

Conhecimentos específicos: 

  • Probabilidade Estatística
  • Conhecimentos Bancários
  • Conhecimentos de Informática

Sobre conhecimentos específicos, montar cronograma de estudos é um poucos mais difícil. Isso porque as matérias variam de acordo com a área de atuação. Para citar um exemplo, o concurso Banco do Brasil 2015 também ofereceu vagas para escriturário, contudo, as matérias específicas cobradas foram: Cultura Organizacional, Técnicas de Venda, Atendimento e Domínio Produtivo da Informática.

Para ser aprovado os candidatos tiveram que obter 60% do total de pontos da prova objetiva ou 55% da parte geral ou 60% das matérias específicas. Entretanto, aqueles que obtiveram nota zero em qualquer uma das disciplinas foi eliminado do certame.

Redação concurso Banco do Brasil

A prova de redação teve, exclusivamente, caráter eliminatório. Os candidatos tiverem que produzir um texto dissertativo-argumentativo sobre o tema “Que motivação (filantropia ou competitividade) deve nortear as ações de responsabilidade social em uma empresa?”.

Somente os candidatos aprovados na avaliação objetiva, dentro do número de classificados previsto pelo edital, tiveram a prova de redação corrigida. Ela teve valor máximo de 100 pontos e observou critérios como adequação ao tema proposto, coesão, domínio da modalidade de escrita da norma-padrão, entre outros.

Inscrições concurso Banco do Brasil

Um dos momentos mais aguardados pelos concurseiros de qualquer área é o início do período de inscrições. Uma vez que o Banco do Brasil não tem novo edital anunciado, não há como prever a próxima data de abertura. Contudo, por conta do déficit de servidores, há chances de uma seleção ser realizada em 2019.

Assim sendo, é aconselhável que todos aqueles que têm interesse de pleitear uma vaga no concurso Banco de Brasil 2019 fiquem atentos. A divulgação do último regulamento pegou todos de surpresa. O certame foi anunciado em 08 de março, as inscrições foram abertas no dia seguinte e encerradas cerca de 20 dias depois. Foi cobrada taxa de participação no valor de R$ 48,00.

Concurso Banco do Brasil 2019: Postos vagos aumentam chances de novo edital
4.7 (94.55%) 11 votes
Voltar ao topo

Deixe um comentário