Concurso Banco do Brasil: Edital com 120 vagas ainda este ano

Concurso Banco do Brasil 2020 poderá ofertar vagas para a carreira de escriturário em Tecnologia. Remunerações superiores a R$ 3 mil. Confira as novidades!

O Banco do Brasil foi o primeiro banco a operar no país e sua criação data o ano de 1808. Com cerca de 210 anos de atuação, hoje, é a maior instituição financeira do Brasil, e maior banco da América Latina. São mais de 5 mil agências em funcionamento.

Por ser uma instituição pública, a forma de contrato efetivo é por meio de concurso público. O último edital foi publicado em março de 2018 e já teve o resultado final homologado.

A relação dos candidatos aprovados está disponível no site da organizadora do certame, a Fundação Cesgranrio, e pode ser acessada aqui.

A carreira contemplada na época foi a de escriturário, com 30 vagas mais formação de cadastro de reserva. Para concorrer a uma das oportunidades, os candidatos deveriam ter diploma de conclusão de ensino médio.

Os aprovados foram admitidos em São Paulo, Rio de Janeiro e no Distrito Federal, com jornada de 30 horas semanais e remuneração básica de R$ 2.718,73.

Comece a estudar: Apostila para Escriturário – Banco do Brasil 2018

Concurso Banco do Brasil 2020

Segundo reportagem do Estadão do dia 14 de agosto, o próximo edital do concurso Banco do Brasil contará com 120 vagas para a área de Tecnologia da Informação (T.I) e deverá sair até o fim de 2020.

“O BB está finalizando os estudos sobre o concurso”, declarou a instituição.

O salário dos aprovados será por volta de R$ 3,8 mil, mais benefícios. Ainda de acordo com a matérias, tudo indica que este será o primeiro certame que não terá vagas exclusivas para o cargo de escriturário, de nível médio.

A expectativa é que a seleção conte com duas possibilidades de aprovação:

  • uma na oferta de cargos para escriturário, de nível médio, mas com matérias envolvendo Tecnologia da Informação (assim como ocorrido em 2018); e
  • outra na oferta de cargos para a área de Tecnologia da Informação, com exigências mais específicas.

Além disso, as aprovações do próximo concurso BB poderão seguir novos moldes , tendo como base programas de trainee, com o acompanhamento dos aprovados por gestores, e modalidade de trabalho home office mesmo após a pandemia.

Concurso Banco do Brasil 2018

Atendendo às expectativas de concurseiros de todo o país, o edital do concurso do Banco do Brasil foi publicado no início de 2018. Foram disponibilizas 60 vagas para a carreira de escriturário. Para concorrer, os candidatos deveriam possuir ensino médio completo, emitido por instituição reconhecida pelo Ministério da Educação.

As vagas foram destinadas para as cidades de Brasília – DF, São Paulo – SP e Rio de Janeiro – RJ. Porém, as provas teóricas foram aplicadas, além dessas localidades, nas cidades de Belém – PA, Belo Horizonte – MG, Campinas – SP, Curitiba – PR, Fortaleza – CE, Porto Alegre – RS e Recife – PE. Os candidatos fizeram as provas no dia 13 de maio de 2018, conforme cronograma do certame.

Uma novidade neste certame é que a classificação dos candidatos é nacional, ou seja, os aprovados podem ser admitidos em qualquer uma das três cidades, conforme as demandas do banco.

Os concorrentes responderam 70 questões e redigiram uma redação. A seleção contou com com Conhecimentos de Informática, Conhecimentos Bancários, Probabilidade e Estatística. A homologação do resultado se deu em julho e os selecionados, que poderão ser chamados até julho de 2020, contarão com regime celetista.

Os aprovados vão trabalhar em carga horária semanal de 30 horas. Os vencimentos iniciais são de R$ 2.718,73. Além deste valor, os funcionários do BB recebem benefícios como auxílio-alimentação e refeição, auxílio-creche, auxílio a filho com deficiência, participação nos lucros, entre outros. O edital do concurso do Banco do Brasil 2018 pode ser acessado pelo link: https://goo.gl/8borgk

Veja também: Como estudar para o próximo concurso do Banco do Brasil

Concurso do Banco do Brasil 2015

O concurso anterior realizado pelo Banco do Brasil aconteceu em 2015, sob organização da Fundação Cesgranrio. Foram preenchidas 860 vagas para os estados do Ceará, Paraíba, Pernambuco, Piauí, Rio Grande do Norte e Sergipe. Na ocasião, o edital manifestou apenas 95 vagas imediatas, mas com 765 em cadastro de reserva.


A prova de avaliação dos candidatos foi composta por uma redação e também por 70 questões objetivas, distribuídas em 25 de conhecimentos básicos (incluindo Língua Portuguesa, Raciocínio Lógico e Atualidades) e 45 questões de conhecimentos específicos (Técnica de Vendas, Cultura Organizacional, Atendimento, Informática, Conhecimentos Bancários e Língua Inglesa).

Ao final, os convocados passaram por perícia médica e procedimentos admissionais.

Como estudar para as provas do Banco do Brasil

As seleções do BB são algumas das mais aguardadas por concurseiros de todo o país. Apesar de ocorrerem em cidades específicas, a concorrência pode ser considerada nacional, uma vez que há aplicações em muitas cidades e vários candidatos se deslocam entre estados.

A preparação antecipada é fundamental, pois dessa forma, os candidatos possuem mais tempo para revisar o conteúdo e garantir que absorveu o máximo de conteúdo do programa das provas.

Veja também: Como estudar para o próximo concurso do Banco do Brasil

De maneira geral, os interessados em ingressar na instituição, devem criar um cronograma de estudos. Para isso, é preciso dedicar algumas horas diárias para estudar. A partir daí, é necessário traçar metas e estabelecer quais conteúdos serão estudados diariamente.

No concurso do Banco do Brasil, os candidatos passam por prova de redação. Por isso, ao menos uma vez por semana, faça uma redação. Caso esteja estudando sozinho, procure uma pessoa qualificada e peça para que corrija sua produção e aponte os erros.

A título de curiosidade, no último certame realizado pelo BB, em que foram oferecidas vagas para Escriturário, a Cesgranrio trouxe como proposta de redação o tema “Preservação do espaço público: um compromisso do cidadão com a sua cidade”.

Falando em Cesgranrio, esta banca tem se destacado nas realizações de concursos pra o Banco do Brasil. Confira abaixo os principais pontos que os futuros candidatos devem levar em consideração sobre esta organizadora.

Conteúdo programático concurso Banco do Brasil

Para montar o cronograma de estudos é preciso conhecer os conteúdo cobrado nas provas. Os dois último editais divulgados pelo Banco do Brasil (2015 e 2018) contemplaram a carreira de Escriturário. Portanto, separamos abaixo os temas cobrados no último edital (Nº 01 – 2018/001 BB), de 6 de março de 2018.

Os conhecimentos básicos para o cargo de Escriturário são:

  • Matemática
  • Língua Portuguesa
  • Língua Inglesa
  • Atualidades do Mercado Financeiro

Enquanto o conteúdo programático específico contém questões de:

  • Conhecimentos Bancários
  • Conhecimentos de Informática
  • Probabilidade e estatística

A prova de 2018 foi composta por 70 questões de múltipla escolha (caráter eliminatório e classificatório) e prova discursiva (caráter eliminatório). Na prova objetiva, 50 questões foram voltadas aos conhecimentos específicos do cronograma. As outras 20 divididas igualmente entre os conhecimentos básicos.

Comece a estudar: Apostila para Escriturário – Banco do Brasil 2018

Inscrições concurso Banco do Brasil 2020

As solicitações do último certame foram realizadas entre os dias 8 e 27 de março de 2018, pelo site da banca organizadora (www.cesgranrio.org.br). O valor da taxa de inscrição foi de R$ 48. Os candidatos amparados por lei puderam pedir isenção do valor de inscrição pelo site da Cesgranrio, entre os dias 8 e 15 março. Se o edital para 2020 for aberto, este deverá seguir os mesmos padrões.

Voltar ao topo

Deixe um comentário