Concurso DNIT 2019: Edital com 367 vagas segue em análise

Se autorizado, o certame vai disponibilizar vagas nos níveis médio e superior, em postos de técnico e analista. Confira todas as atualizações!

O Departamento Nacional de Infraestrutura e Transportes (Dnit) é um dos órgãos que aguardam aval do Ministério do Planejamento para realizar novo concurso público. Depois de uma solicitação negada em 2016, o órgão fez um novo pedido em janeiro de 2017.

Entretanto, apesar de ser uma seleção extremamente aguardada, até o momento o governo não se posicionou em relação ao pedido do departamento. Por conta da necessidade de reoxigenação do quadro de funcionários, espera-se que o certame ganhe aval no decorrer do ano.

Concurso DNIT 2019

Em janeiro de 2017, após ter um pedido negado e diante da necessidade de fazer novas contratações efetivas, o Dnit protocolou uma nova solicitação junto ao Planejamento. Diferente da solicitação anterior, que contou com 1.386 vagas, o novo quantitativo foi reduzido para 367.

Caso seja autorizado, o concurso DNIT 2019 vai oferecer 119 vagas para técnico de suporte em infraestrutura de transporte e 18 para técnico administrativo, ambos com exigência de nível médio completo. Em nível superior, serão 116 para analista administrativo e 114 para analista em infraestrutura de transporte.

Apostilas preparatórias baseadas nos últimos editais: Técnico de suporte em infraestrutura de transportes e Técnico administrativo – área administrativa

Para essas funções, as remunerações iniciais ficam entre R$ 4.829,56 e R$ 10.826,82, em jornadas de trabalho de 40 horas semanais.

Entretanto, as notícias não são nada animadoras. A última movimentação no protocolo foi feita em 13 de junho de 2017, quando o documento encontrava-se na Divisão de Concursos Públicos e foi alterado do nível de acesso geral para restrito.

Em favor do órgão, o Tribunal de Contas da União (TCU) já apontou necessidade de novo certame em virtude da carência no número de funcionários efetivos.

Concurso DNIT 2019

Concurso DNIT 2012

O último edital de concurso público para órgão data de 2012. Na época foram abertas 1.200 vagas nos níveis médio e superior, conforme detalhamento abaixo.

  • Técnico de Suporte em Infraestrutura de Transportes – Laboratório, Topografia e Estradas
  • Técnico Administrativo – área Administrativa
  • Analista Administrativo – área Contábil, Administrativa e de Tecnologia da Informação
  • Analista em Infraestrutura de Transportes – Geoprocessamento, Engenharia Civil e Ambiental

As oportunidades voltadas para a carreira de técnico exigem ensino médio ou médio/técnico completo, enquanto as de analista demandam ensino superior nas respectivas áreas de atuação. Os vencimentos ofertados foram de R$ 2.507,30 a R$ 7.815,81, dependendo da vaga.

Foram registradas mais de 116 mil inscrições no certame executado pela Escola de Administração Fazendária (Esaf). Foram cobradas taxas de inscrição de R$ 50,00 a R$ 100,00, de acordo com o cargo pleiteado.

Os candidatos aprovados foram lotados em Brasília – DF e em diversos estados, incluindo Alagoas, Bahia, Goiás, Ceará, Espírito Santo, Roraima, São Paulo, Sergipe, Santa Catarina, Rio Grande do Sul, Minas Gerai e Maranhão.

Outras informações estão disponíveis no edital concurso DNIT 2012.

Concurso DNIT: O que estudar?

Concurso DNIT: O que estudar?

Para aqueles que estão se preparando, ou pretendem se preparar para um concurso, o conteúdo programático é sempre uma questão importante. Isso porque é nele que se encontram todas as disciplinas cobradas. Mas o que fazer o quando o edital do certame almejado ainda não foi publicado?

Uma boa dica, válida para qualquer concurso, é sempre tomar como base o programa de provas anterior. Ainda que o próximo não seja exatamente igual, ele é um importante guia na hora de montar um cronograma de estudos. Sendo assim, vamos às matérias do último concurso DNIT?

Os candidatos foram avaliados por meio de provas objetivas de múltipla escolha, contendo 100 questões de conhecimentos comuns e conhecimentos específicos de cada área. Confira o que foi cobrado na seleção:

  • Analista

Disciplinas comuns a todas as áreas: Raciocínio Lógico-Quantitativo, Língua Portuguesa, Direito Administrativo, Direito Financeiro, Direito Constitucional, Conhecimentos da Economia Brasileira Contemporânea mais prova de Conhecimentos Específicos.

  • Técnico

Disciplinas comuns a todas as áreas: Língua Portuguesa, Raciocínio Lógico-Quantitativo, Direito Administrativo, Direito Constitucional, Conhecimentos básicos de Administração Orçamentária e Financeira, mais prova de Conhecimentos Específicos.

Além disso, todos os candidatos foram submetidos a prova discursiva, de caráter seletivo, eliminatório e classificatório.

Concurso DNIT 2019: Edital com 367 vagas segue em análise
4.8 (96%) 5 votes
Voltar ao topo

Notícias relacionadas




Deixe um comentário