Concurso ICMBio: Mais de 1.300 vagas são esperadas!

Último pedido protocolado segue em análise. Se autorizado, edital terá vagas nos níveis médio e superior. Ganhos de até R$ 9,3 mil!

O Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio) foi criado no dia 28 de agosto de 2007. O órgão é uma autarquia em regime especial vinculada ao Ministério do Meio Ambiente e integra o Sistema Nacional do Meio Ambiente (Sisnama).

De acordo com site do órgão, cabe ao Instituto executar as ações do Sistema Nacional de Unidades de Conservação, podendo propor, implantar, gerir, proteger, fiscalizar e monitorar as Unidades de Conservação (UCs) instituídas pela União.

A autarquia é dividida em coordenações regionais, cujas incumbências são julgar autos de infração, determinando assim, as penalidades adequadas. Além de autorizar licenciamentos dentro de suas unidades, tanto no âmbito estadual, quanto federal.

Como é um órgão federal, a forma de contratação de novos servidores é por meio de concurso público. Quanto a isso, o ICMBio apresenta necessidade de novo certame. E caso seja autorizado, deverá ofertar edital para preenchimento de mais de mil postos vagos apresentados pelo órgão.

A última solicitação encaminhada pelo ICMBio data o ano de 2018. O pedido foi protocolado junto ao extinto Ministério do Planejamento. Entretanto, em 1º de janeiro de 2019, este foi integrado ao Ministério da Economia. Assim sendo, o último pedido de concurso público encontra-se em análise pelos departamentos competentes.

Até o momento, não há confirmação de envio de uma nova solicitação ou, ainda, se reforçará a que já está tramitando. Levando em consideração que o último certame foi realizado há cinco anos e, dada a importância do órgão, há grandes chances de que a nova seleção seja autorizada pelo governo.

Concurso ICMBio 2020

Devido ao déficit de servidores no instituto, e como não houve seleção em 2019, é provável que um novo certame ocorra no início de 2020, dando origem ao concurso ICMBio 2020. Assim, é preciso que os interessados em ingressarem para o instituto fiquem atentos às próximas informações acerca do tema. Mesmo que ainda não há movimentações oficiais para a realização.

Em 2017 o órgão encaminhou solicitação para realização de novo certame. A expectativa era de que o Planejamento autorizasse o provimento de, nada menos, que 1.132 oportunidades. No dia 1º de fevereiro de 2018, este pedido foi reiterado pelo Ministério do Meio Ambiente. Em função do alto déficit, o quantitativo solicitado, inclusive, aumentou. Foram pedidas 1.179 vagas. com a seguinte distribuição:

  • Técnico Ambiental (67 vagas);
  • Técnico Administrativo (457 vagas);
  • Analista Administrativo (94 vagas);
  • Analista Ambiental (561 vagas).

As duas primeiras exigem apenas ensino superior, enquanto as demais solicitam que o candidato tenha diploma de ensino superior. Os vencimentos iniciais previstos são de R$ 4.408,94 e R$ 9.389,84. Ambos incluem auxílio-alimentação de R$ 458,00.

No entanto, outra retificação aconteceu em agosto de 2019. Na época, um novo pedido foi encaminhado pelo órgão solicitando o preenchimento de 1.317 cargos vagos.

Apostila elaborada de acordo com edital de 2014: Técnico Administrativo e Técnico Ambiental

Além dos pedidos e previsões, é provável que o ICMBio abra processo seletivo 2020 para o preenchimento de cargos de brigadistas e chefes de esquadrão. Essas seleções são feitas anualmente.

Processo Seletivo ICMBio 2019

Como faz anualmente, o ICMBio divulgou em 2019 editais de processo seletivo para brigadistas e chefe de esquadrão. Ao todo, foram 205 vagas em 15 editais. Os candidatos selecionados vão atuar por tempo determinado na prevenção e combate a incêndios florestais em diversas Unidades de Conservação Federais.

Para concorrer a uma das vagas de chefe de esquadrão foi necessário ter Carteira Nacional de Habilitação, no mínimo, categoria “B”. O vencimento foi de um salário mínimo (R$ 998,00) para brigadistas e um salário mínimo e meio (R$ 1.497,00) para chefes de esquadrão. Ambos farão jus a auxílios.

O prazo para inscrições foi até maio de 2019. As candidaturas foram realizadas de forma presencial, nos endereços fornecidos nos editais. Não foi cobrada taxa de participação.

Mais detalhes sobre as inscrições podem ser conferidos no link a seguir: http://www.icmbio.gov.br/portal/sejaumbrigadista.

Os candidatos foram selecionados por meio de avaliação física e de habilidade. A segunda etapa do processo seletivo consistiu em um curso de 40 horas. As vagas foram destinadas nas seguintes Unidades de Conservação:

  • Floresta Nacional do Araripe-Apodi;
  • Parque Nacional da Chapada dos Veadeiros;
  • Floresta Nacional de Negreiros;
  • Reserva Biológica da Mata Escura;
  • Floresta Nacional de Iquiri;
  • Estação Ecológica de Taiamã;
  • Parque Nacional da Chapada da Diamantina;
  • Parque Nacional do Iguaçu;
  • Parque Nacional do Pantanal Matogrossense;
  • Parque Nacional da Serra da Bocaina;
  • Núcleo de Gestão Integrada – NGI ICMBio Juazeiro;
  • Parque Nacional das Emas;
  • Parque Nacional de Sete Cidades;
  • Floresta Nacional Goytacazes;
  • Parque Nacional de Boa Nova.

Os resultados foram publicados em outubro de 2019. O processo seletivo do ICMBio tem validade de um ano. Convocados terão um contrato mínimo de seis meses, que poderá chegar se estender a três anos.

Último concurso ICMBio

Sob regulamentação do edital Nº 1 – ICMBio, de 10 de janeiro de 2014, o último concurso público aberto pelo ICMBio ofertou 271 vagas para provimento de vagas no Distrito Federal e nos estados: Amazonas, Bahia, Espírito Santo, Goiás, Maranhão, Mato Grosso, Minas Gerais, Pará, Paraíba, Paraná, Pernambuco, Piauí, Rio de Janeiro, São Paulo e Santa Catarina.

As oportunidades foram ofertadas para as principais carreiras da autarquia. De acordo com o edital Nº 1/2014 – ICMBio, são competências dos cargos:

Analista Administrativo: exercício de todas as atividades administrativas e logísticas relativas ao exercício das competências constitucionais e legais a cargo do ICMBio.

Analista Ambiental: planejamento ambiental, organizacional e estratégico afeto à execução das políticas nacionais de meio ambiente, formuladas no âmbito da União, em especial as que se relacionem com as seguintes atividades: regulação, controle, fiscalização, licenciamento e auditoria ambiental; gestão, proteção e controle da qualidade ambiental; ordenamento dos recursos florestais e pesqueiros; conservação dos ecossistemas e das espécies neles inseridas, incluindo seu manejo e proteção; e estímulo e difusão de tecnologias, informação e educação ambientais.

Técnico Administrativo: atuação em atividades administrativas e logísticas de apoio relativas ao exercício das competências institucionais e legais a cargo do ICMBio.

Técnico Ambiental: prestação de suporte e apoio técnico especializado às atividades dos Gestores e Analistas Ambientais, execução de atividades de coleta; seleção e tratamento de dados e informações especializadas voltadas para as atividades finalísticas; e orientação e controle de processo voltados às áreas de conservação, pesquisa, proteção e defesa ambiental.

Para concorrer às vagas de Analista é preciso ter diploma de formação de nível superior em qualquer área de formação. Para as oportunidades nas carreiras de Técnico é preciso ter diploma de conclusão do ensino médio.

Consulte mais detalhes no Edital concurso ICMBio 2014.

Salários e benefícios ICMBio

Além da estabilidade de uma carreira federal com possibilidade de progressão na carreira, outro ponto que chama atenção de quem almeja uma vaga em órgãos públicos, são as boas remunerações em relação ao setor privado.

Um dos órgãos federais que oferecem carreiras em que os brasileiros podem ingressar via concurso público está o Instituto Chico Mende de Conservação da Biodiversidade.

As jornadas de trabalho no ICMBio são de 40 horas semanais. De acordo com a tabela de salários atualizada, a remuneração inicial para cargos de Técnico é de R$ 4.408,94. Já para as vagas de Analista, os vencimentos iniciais são de R$ 9.389,84.

Nessas quantias já está incluso o valor referente ao auxílio-alimentação, que é de R$ 458,00 mensais.

Prova concurso ICMBio

Com a possibilidade de um novo edital, os candidatos que pretendem pleitear vagas no ICMBio podem começar a se preparar com base na última prova, cujo edital foi publicado há pouco mais de quatro anos. O último certame foi executado pelo Cebraspe/UnB, que realiza muitos concursos federais.

Caso a banca se repita, os que os futuros candidatos precisam olhar o edital com atenção, uma vez que o método de cobrança das questões é um pouco diferente das demais bancas. No lugar de múltipla escolha, os candidatos julgam itens e certo ou errado. Além disso a correção é feita penalizando erros.

No último concurso do ICMBio as provas para todos os cargos foram dispostas da seguinte maneira:

Conteúdo programático concurso ICMBio

A P1, objetiva geral, cobrou os seguintes conhecimentos básicos para todas as carreiras:

  • Língua Portuguesa
  • Noções de Informática
  • Atualidades
  • Ética no Serviço Público
  • Legislação

A P2, objetiva específica, cobrou diferentes conhecimentos de acordo com as áreas. Para Analista Administrativo foi cobrado:

  • Administração Geral, Administração Financeira e Orçamentária e Orçamento Público e Administração de Recursos Naturais.

Já para Analista Ambiental os conteúdos específicos foram os seguintes:

  • Ecologia, Conservação e Manejo de Biodiversidade, Biodiversidade, Zoologia, Botânica e História Natural, Recursos Florestais, Proteção, Controle e Monitoramento Ambiental, Planejamento e Gestão de UC, Aspectos Históricos e Sociais da Ocupação Humana na Região do Complexo do Tapajós e Povos e Comunidades Tradicionais e Conservação da Biodiversidade.

A prova discursiva também foi diferente de acordo com os cargos. Candidatos às vagas de Analista Ambiental realizaram redação de até 30 linhas com o tema “Aspectos históricos e sociais da ocupação humana na região do Complexo Tapajós”.

Os demais cargos produziram redação nas mesmas condições, mas sobre algum dos temas disponíveis nos conteúdos específicos de cada função.

Apostila elaborada de acordo com edital de 2014: Técnico Administrativo e Técnico Ambiental

Inscrições concurso ICMBio

Ainda não há definição de abertura de novos editais de concursos e seleções do ICMBio, tampouco da liberação das inscrições. No entanto, com base nos certames anteriores, as inscrições poderão ser feitas presencialmente, em uma das unidades previstas no edital.

Concurso ICMBio: Mais de 1.300 vagas são esperadas!
1 (20%) 1 vote
Voltar ao topo

Deixe um comentário