scorecardresearch ghost pixel

Concurso Marinha 2021: Confira lista com todos os editais previstos; Ganhos de até R$ 11 mil!

Embora a corporação ainda não tenha confirmado o quantitativo de vagas, nem quais serão os concursos abertos, já é possível ter uma ideia dos editais que devem sair ao longo deste ano.

Quem almeja uma carreira na Marinha do Brasil tem muito o que comemorar neste ano. Isso porque diversos editais de concursos Marinha 2021 devem sair nos próximos meses, com vagas para todos os níveis de escolaridade, desde o ensino fundamental até o superior.

Todos os anos, a corporação abre seleções para a formação de novas turmas em suas escolas, além de receber militares de carreira, com oportunidades para ambos os sexos. Os concursos Marinha são bastante concorridos, principalmente em relação aos ganhos atrativos, que podem chegar a R$ 11 mil após o curso de formação, além de outros benefícios.

Você tem interesse em ingressar na Marinha? Confira a lista dos editais previstos para a corporação, inicie seus estudos agora mesmo e aumente suas chances de aprovação em 2021.

Concursos Marinha 2021

Até o momento, há previsão de que sejam abertos vários editais na Marinha do Brasil em 2021, com destaque para a seleção de aprendiz de marinheiro. A expectativa em torno deste certame especificamente se deve não só pelo fato de que ele é um dos mais concorridos da corporação, mas também porque, pela primeira vez, é possível que parte das vagas ofertadas sejam destinadas a mulheres.

Embora a Marinha ainda não tenha confirmado o quantitativo de vagas, nem quais serão os concursos Marinha abertos em 2021, já é possível ter uma ideia dos editais que devem sair ao longo deste ano. Confira a lista a seguir:

Escola de Aprendizes-Marinheiros (EAM)

Com edital previsto já para o mês de janeiro, a EAM deve abrir inscrições para sua seleção para aprendiz de marinheiro em breve, com a aplicação de provas ainda no primeiro semestre.

  • Requisitos: nível médio completo; idade entre 18 e 21 anos até a data de ingresso; altura mínima de 1,54 m e máxima de 2 m; não ser casado ou ter constituído união estável, permanecendo solteiro durante todo o período em que estiver submetido aos regulamentos da EAM;
  • Provas: normalmente entre abril e maio;
  • Remuneração: R$ 1.950 após o curso e promoção à graduação de marinheiro, incluindo adicional militar de R$ 202,80 e adicional de habilitação de R$ 187,20 (valores referentes a 2019).

Curso de Formação de Soldados Fuzileiros Navais (C-FSD-FN)

Em fevereiro, deve sair o edital para o ingresso no Curso de Formação de Soldados Fuzileiros Navais. O número de vagas ofertadas na seleção, no entanto, ainda não foi informado.

  • Requisitos: ser do sexo masculino; nível médio; idade entre 18 e 21 anos completos até 1º de janeiro do respectivo ano; não ser isento do serviço militar e altura mínima de 1,54 m e máxima de 2 m;
  • Provas: maio;
  • Remuneração: R$ 1.950 após a conclusão do curso de formação, incluindo adicional militar e de habilitação.

Leia ainda: Concurso Fuzileiro Naval: Qual a idade máxima permitida?

Corpo de Engenheiros da Marinha (CEM)

Em março, o Corpo de Engenheiros da Marinha também deve publicar seu edital. Em geral, a oferta contempla as áreas de Arquitetura e Urbanismo e Engenharias (Cartográfica, Civil, de Materiais, de Produção, de Sistemas de Computação, de Telecomunicações, Elétrica, Eletrônica, Mecânica, Mecatrônica, Naval e Química).

  • Requisitos: curso superior nas áreas mencionadas acima;
  • Provas: maio;
  • Remuneração: iniciais de R$ 6.993 na condição de Guarda-Marinheiro. Após a conclusão do curso e ingresso no CEM como Primeiro-Tenente, os ganhos sobem para R$ 8.245.

Quadro Técnico do Corpo Auxiliar (QT)

Também com edital previsto para março, o Quadro Técnico deve selecionar profissionais para as áreas de Ciências Biológicas, Comunicação Social, Direito, Estatística, Informática, Meteorologia, Oceanografia, Pedagogia, Psicologia, Segurança do Tráfego Aquaviário e Serviço Social.

  • Requisitos: curso superior nas áreas mencionadas acima; idade de até 36 anos na data de ingresso; ser brasileiro; possuir bons antecedentes de conduta e estar em dia com as obrigações do Serviço Militar e da Justiça Eleitoral;
  • Provas: junho;
  • Remuneração: iniciais de R$ 6.625 na condição de Guarda-Marinheiro. Após a conclusão do curso e ingresso na corporação como Primeiro-Tenente, os ganhos sobem para R$ 11 mil.

Quadro Complementar e Oficiais

Ainda em março, deve sair o edital para o Quadro Complementar de Oficiais da Marinha para as áreas de Eletrônica, Máquinas e Sistemas de Armas. Para o quadro de oficiais fuzileiros, as oportunidades serão para as áreas de Máquinas, Eletrônica, Educação Física e Sistema de Armas.

  • Requisitos: ser do sexo masculino; nível superior completo e idade até 29 anos em janeiro do respectivo ano;
  • Provas: junho;
  • Remuneração: R$ 7.490 após a conclusão do curso de formação, na condição de Segundo-Tenente (valor referente a 2019).

Colégio Naval (CN)

Em abril, é a vez do Colégio Naval abrir uma nova seleção. Vale destacar que, até o momento, não há uma previsão do número de vagas que serão ofertadas no certame.

  • Requisitos: ser do sexo masculino; idade entre 15 e 18 anos completos em 1º de janeiro do respectivo ano; ter concluído ou estar no último ano do ensino fundamental; não ser casado ou ter constituído união estável, permanecendo solteiro durante todo o curso;
  • Provas: normalmente são aplicadas em agosto;
  • Remuneração: iniciais de R$ 1.044. No último ano, o soldo passa a ser de R$ 1.066 (valores referentes a 2019).

Escola Naval (EN)

No mês de maio, a Escola Naval, que ainda não divulgou qual será a oferta de vagas em 2021, deve publicar seu novo edital. Saiba mais sobre a seleção a seguir:

  • Requisitos: nível médio completo; idade entre 18 e 23 anos completos em 1º de janeiro do respectivo ano e não ser casado ou ter constituído união estável, e não ter filhos, permanecendo assim durante todo o curso na Escola Naval;
  • Provas: normalmente entre julho e setembro;
  • Remuneração: iniciais de R$ 1.176 como aspirante, R$ 6.993 na condição de guarda-marinheiro e R$ 7.490 após a formação como segundo-tenente (valores referentes a 2019).

Quadro Técnico de Praças da Armada (QTPA)

Também no mês de maio, a corporação deve abrir seleção para profissionais das áreas técnicas de Eletrônica e Mecânica, na condição de terceiro-sargento.

  • Requisitos: ser do sexo masculino; nível médio/técnico na área de interesse e idade entre 18 e 25 anos completos até 1º de janeiro do respectivo ano;
  • Provas: setembro;
  • Remuneração: R$ 3.825.

Quadro da Saúde

Em maio, a Marinha deve publicar edital para a contratação de médicos das seguintes especialidades: Clínica Médica, Clínica Geral, Anestesiologia, Ginecologia e Obstetrícia, Pediatria, Psiquiatria, Radiologia, Ortopedia e Reumatologia.

  • Requisitos: graduação completa e idade até 36 anos em 1º de janeiro do respectivo ano;
  • Provas: previstas para o segundo semestre;
  • Remuneração: iniciais de R$ 6.900, como Guarda-Marinha. Após a conclusão do curso, os ganhos passam a ser de R$ 11 mil, na condição de 1º tenente.

Corpo Auxiliar de Praças (CAP)

Por fim, também no mês de maio, o CAP deve selecionar profissionais das áreas de Administração Hospitalar, Contabilidade, Eletrônica, Enfermagem, Estatística, Gráfica, Marcenaria, Mecânica, Metalurgia, Metrologia, Motores, Processamento de dados, Química, Radiologia Médica e Telecomunicações.

  • Requisitos: nível superior completo e idade até 36 anos em 1º de janeiro do respectivo ano;
  • Provas: previstas para o segundo semestre;
  • Remuneração: iniciais de R$ 1.044, como grumete. Após a nomeação como cabo do CAP, os ganhos passam de R$ 2 mil (valores referentes a 2019).

Leia também: Idade máxima para concurso da Marinha


Voltar ao topo

Deixe um comentário