Artigos

Concurso MEC 2018: Pedido para 688 vagas em análise no MPDG

Está em fase de análise o pedido de autorização do concurso para provimento de 688 vagas de nível médio e superior no MEC. Fique por dentro das novidades!

De acordo com o decreto n° 4.791, de 22 de julho de 2003, são competências do Ministério da Educação e Cultura (MEC), a assistência financeira a famílias carentes para a escolarização de seus filhos ou dependentes, a política nacional de educação, a educação em geral, englobando educação infantil, ensino fundamental, ensino médio, ensino superior, ensino de jovens e adultos, educação profissional, educação especial e educação a distância (exceto ensino militar), avaliação, informação e pesquisa educacional, pesquisa e extensão universitária e o magistério.

Assim como os demais órgãos federais, ingressar em uma das carreiras do MEC é objetivo de muitas pessoas que se dedicam a estudar para concursos públicos. Por estar há muito tempo sem novos editais, a expectativa para novas seleções do órgão só aumenta.

Há quase 10 anos o MEC não realiza concursos para provimento do quadro de funcionários efetivos do órgão. Com o pedido para um novo certame os concurseiros interessados neste certame começaram a se preparar, caso o edital seja de fato autorizado.

Abaixo, nós reunimos as informações já divulgadas sobre os trâmites para autorização de um novo concurso. Traçamos ainda os principais pontos sobre o certame de 2009, como conteúdo programático, vagas, remunerações e mais. Confira!

Apostila elaborada de acordo com o edital de 2015: CONHECIMENTOS BÁSICOS PARA TODOS OS POSTOS DE TRABALHO – Ministério da Educação (MEC)

O que esperar do próximo concurso do MEC

O Ministério da Educação (MEC) protocolou junto ao Ministério do Planejamento, Desenvolvimento e Gestão um pedido de realização de concurso público para o quadro efetivo do órgão.

A solicitação foi feita em maio de 2017, e desde o mês de junho encontra-se na Divisão de Concursos Públicos do MPDG.

No total, a previsão é que sejam abertas 688 oportunidades para carreiras de nível médio e superior. Apesar da quantidade de vagas, não foram confirmados os cargos, unidades de lotação e remunerações.

Mesmo que a autorização ainda não tenha sido confirmada, os interessados em se candidatar às vagas do MEC, devem começar a se preparar antecipadamente. Tendo em vista que a última seleção aconteceu há quase dez anos, as chances de que um novo edital seja aberto em 2018 são grandes.

Detalhes do último concurso do MEC

O último concurso para provimento efetivo do quadro do MEC aconteceu em 2009. Na época, foram disponibilizadas 256 vagas para a carreira de Agente Administrativo. Puderam concorrer candidatos com nível de escolaridade médio.

Além de aprovação em todas as etapas, os candidatos tiveram ainda que se submeter a alguns requisitos para tomar posse no cargo. Alguns deles estão listados abaixo:

  • ter idade mínima de 18 anos na data da posse
  • ter nacionalidade brasileira ou portuguesa, e no caso da segunda, estar em conformidade com o estatuto de igualdade entre brasileiros e portugueses
  • estar em dias com as obrigações eleitorais
  • estar em pleno gozo dos direitos civis e políticos
  • possuir os requisitos exigidos para exercício do cargo
  • estar em dias com as obrigações militares, em caso de candidatos do sexo masculino
  • ter aptidão física e mental compatível com o exercício da função

Acesse o edital aqui.

Cargos e salários MEC

Para o concurso 2018 do MEC não foram divulgados ainda as carreiras contemplas e os salários iniciais para as mesmas. De acordo com o edital Nº 1/2009 – MEC, a remuneração inicial para o cargo de Agente Administrativo era de R$ 1.901,47. A jornada de trabalho é de 40 horas semanais.

Última prova e conteúdo programático concurso MEC

Os candidatos foram submetidos a 120 questões, conforme detalhamento do quadro abaixo:

Tanto o conteúdo de conhecimentos básicos quanto os específicos foram previstos no edital conforme o conteúdo programático listado abaixo:

  • Língua Portuguesa
  • Atualidades
  • Noções de Informática
  • Conhecimentos específicos (Redação de expedientes, Noções de relações humanas, Noções de arquivamentos e procedimentos administrativos, relações públicas, Noções de administração financeira, de recursos humanos e de material, Constituição da República Federativa do Brasil, entre outros)

Banca examinadora concurso MEC

O próximo concurso do Ministério da Educação e Cultura ainda não tem banca examinadora definida. Mas ainda assim é importante que os futuros candidatos comecem a estudar. Um bom jeito de começar, é revisando editais das bancas anteriores.

O último certame do MEC foi realizado pelo Centro Brasileiro de Pesquisa em Avaliação e Seleção e de Promoção de Eventos (Cebraspe).

Uma boa maneira de se preparar para as bancas do Cebraspe é usar materiais de concursos anteriores. Assim, além de conhecer mais a fundo o conteúdo cobrado os concorrentes se adaptam ao estilo de avalição.

Quase sempre as questões possuem enunciados e alternativas extensos e muitas vezes multidisciplinares. O que torna as provas do Cebraspe avaliações bem cansativas.

Outra coisa que ajuda as provas a tornarem-se cansativas é o pouco tempo oferecido pela banca. Neste concurso por exemplo, os candidatos tiveram apenas 3 horas e 30 minutos para responder a 120 questões e preencher o cartão de respostas.

O Cebraspe é conhecido pelas questões que pedem para o candidato julgar itens em CERTO ou ERRADO. Para questões marcadas corretamente o candidato faz 1 ponto.

Porém respostas erradas anulam questões corretas. Pode ser na proporção de 2 duas erradas anulam uma certa ou 1 errada anula uma correta, depende das disposições do edital. Por isso, de forma moderada, é possível deixar questões em branco, caso o concorrente não saiba a resposta correta.

Outro ponto a ser observado, são as “pegadinhas”. Na maioria delas a alternativa incorreta é bem estruturada e possui argumentos sólidos, o que faz com o que o candidato se confunda com maior facilidade.

Inscrições concurso MEC 2018

Ainda não foram conhecidos os procedimentos para inscrição do próximo certame. Porém, os candidatos interessados, podem usar os procedimentos do último certame para se preparar para o próximo.

No edital Nº 1/2009 – MEC, foram aceitas inscrições somente via internet, pelo site da banca examinadora (www.cespe.unb.br). O período de abertura foi entre às 10h do dia 27 de julho de 2009 às 23h59 do dia 16 de agosto de 2009.

A taxa para efetivar a inscrição foi fixada em R$ 39,50. Porém, como o último edital foi lançado há muito tempo, é provável que este valor sofra reajuste em 2018.

Apostila elaborada de acordo com o edital de 2015: CONHECIMENTOS BÁSICOS PARA TODOS OS POSTOS DE TRABALHO – Ministério da Educação (MEC)

Voltar ao topo



Deixe um comentário