Concurso TRF3: Publicado edital de níveis médio e superior! Até R$ 13 mil!

Para recompor o quadro de pessoal, Tribunal Regional Federal da 3º Região abriu edital para os cargos de técnico e analista. Salários de até R$ 13 mil!

O Tribunal Regional Federal da 3º Região (TRF3) abrange as Seções Judiciárias dos estados de São Paulo e Mato Grosso do Sul. Como é um órgão público, a instituição realiza contratações por meio de concurso público. Seguindo isso, em julho de 2019, a presidente do órgão, desembargadora Therezinha Cazerta, anunciou a realização do último certame.

Divulgado no Diário Oficial da União de 6 de setembro, o certame ofertou 9 vagas imediatas, além da formação de cadastro de reserva. No início de agosto a Fundação Carlos Chagas (FCC), foi anunciada como banca organizadora responsável pelos detalhes técnicos seleção. A dispensa de licitação foi publicada no Diário Oficial do dia 9 do referido mês.

Apostilas preparatórias: Técnico Judiciário (Todas as Áreas/Especialidades)Analista Judiciário – Área Administrativa

Apesar da última seleção ainda estar em andamento, os interessados em ingressar para instituição podem ficar atentos a todas as informações sobre o tema. Veja mais detalhes sobre a seleção no Edital do concurso TRF3 2019.

Concurso TRF – 2020

O ano de 2019 foi movimento no Tribunal Regional Federal da 3° Região. Isso porque o resultado final do concurso para juízes foi homologado. Sem contar que também foi iniciado o concurso para servidores, que ainda está em andamento. Desta forma, como ainda está com prazo de validade ativo, é pouco provável que o concurso TRF3 2020 aconteça.

Concurso TRF3 – 2019

O Tribunal Regional Federal da 3ª Região abriu no último ano o concurso TRF3 2019. O edital foi publicado no dia 6 de setembro de 2019 e esteva autorizado desde julho do mesmo ano. O objetivo do certame foi sanar o déficit de servidores. A seleção abriu nove vagas, além da formação de cadastro de reserva. Foram registradas mais de 77 mil inscrições para São Paulo e Mato Grosso do Sul.

Na época, foram contemplados os cargos de técnico e analista, nos níveis médio, médio/técnico e superior, conforme distribuição abaixo:

  • 1 vaga para técnico judiciário (apoio especializado – área informática) – TRF3;
  • 4 vagas para técnico judiciário (área administrativa) – TRF3, seções de judiciárias de São Paulo e do Mato Grosso do Sul;
  • 1 vaga para analista judiciário (apoio especializado – área informática) – TRF3;
  • 3 vagas para analista judiciário (área judiciária) – TRF3 e seção de São Paulo.

De acordo com o edital, atualmente os vencimentos iniciais são de R$ 8.501,45 para técnicos e R$ 13.365,38 para analistas. O valores já incluem o auxílio-alimentação. A banca organizadora responsável por receber as inscrições a aplicar as provas foi a Fundação Carlos Chagas (FCC), conforme dispensa de licitação publicada no Diário Oficial da União de 9 de agosto.

A instituição avaliou os candidatos por meio de provas objetiva e discursiva. Tais etapas aconteceram em dezembro de 2019. Foram 60 questões, sendo 20 de conhecimentos gerais que contemplaram as disciplinas de português, raciocínio lógico-matemático, noções dos direitos das pessoas com deficiência, noções de sustentabilidade, noções de governança corporativa, noções de gestão estratégica, noções de direito administrativo, noções de direito constitucional. Além dessas, foram mais 40 de conhecimentos específicos.

Os gabaritos preliminares das provas estão disponíveis no site da Fundação Carlos Chagas, desde dezembro de 2019. De acordo com o cronograma, o resultado das provas está marcado para o dia 31 de janeiro de 2020.

Contando a partir da data de homologação do resultado final, a validade da seleção pública será de dois anos. O prazo poderá ser prorrogado uma única vez, por mais dois anos.

Para mais informações, confira o Edital do concurso TRF3 2019.

Concurso Juiz Federal TRF3 – 2018

O Tribunal Regional Federal da 3º Região divulgou no dia 5 de abril de 2018 o edital do XIX Concurso Público de Provas e Títulos para Provimento de Cargos de Juiz Federal Substituto.

A oferta para a função foi de 107 vagas. Dentro do quantitativo, cinco foram reservadas a candidatos portadores de necessidades especiais, e 21 são para candidatos autodeclarados negros ou pardos.

O vencimento inicial do cargo é de R$ 27.500,17.

Como requisito primordial para a candidatura, é preciso ser bacharel em Direito há três anos, no mínimo. Somente serão aceitos diplomas devidamente registrados e emitidos por instituições de ensino superior reconhecidas pelo Ministério da Educação.

Além disso, é preciso comprovar também no mínimo três anos de atividades jurídicas, exercidas após a colação de grau. Também é preciso comprovar, por meio da investigação social, bons antecedentes criminais e não registrar antecedentes criminais.

Consulte aqui o edital do Concurso TRF 3 – 2018

Apostilas preparatórias: Técnico Judiciário (Todas as Áreas/Especialidades)Analista Judiciário – Área Administrativa

Os candidatos foram avaliados mediante a realização das seguintes fases: prova objetiva, duas provas escritas, sindicância de vida pregressa e investigação social, exame de sanidade física e mental e exame psicotécnico, prova oral e avaliação de títulos.

Concurso TRF3 2019: Conteúdo programático

Conforme as determinações do edital, os concorrentes às vagas do concurso TRF3 2019 farão provas objetivas (todos os cargos) e provas discursivas (estudo de caso para analistas e técnico na área de informática e redação para técnico na área administrativa).

Ambas serão aplicadas no dia 1º de dezembro de 2019, com duração máxima de quatro horas.

O exame objetivo constará de 60 questões, sendo 20 de Conhecimentos Gerais (Peso 1) e 40 de Conhecimentos Específicos (Peso 3). Confira o conteúdo programático cobrado:

Conhecimentos gerais 

Analista judiciário – área judiciária: Português, Raciocínio Lógico-Matemático, Noções de Direito das Pessoas com Deficiência, Gestão Pública, Noções de Sustentabilidade, Noções de Governança Corporativa e Noções de Gestão Estratégica;

Analista judiciário – área informática: Português, Raciocínio Lógico-Matemático, Noções de Direito Administrativo, Noções de Direito Constitucional, Noções de Direito das Pessoas com Deficiência, Gestão Pública, Noções de Sustentabilidade, Noções de Governança Corporativa e Noções de Gestão Estratégica;

Todos os cargos de nível médio:Português, Raciocínio Lógico-Matemático, Noções de Direito das Pessoas com Deficiência, Gestão Pública, Noções de Sustentabilidade, Noções de Governança Corporativa e Noções de Gestão Estratégica;

Técnico judiciário – área informática: Noções de Direito Administrativo e Noções de Direito Constitucional.

  • Conhecimentos específicos

Analista judiciário – área judiciária: Direito Administrativo, Direito Constitucional, Direito Civil, Direito Processual Civil, Direito Penal, Direito Processual Penal, Direito Tributário e Direito Previdenciário;

Analista judiciário – área informática: conteúdos diretamente relacionados à área de atuação;

Técnico judiciário – área administrativa: Noções de Direito Administrativo, Noções de Direito Constitucional, Noções de Direito Processual Civil, Noções de Direito Processual Penal, Noções de Direito Previdenciário e Noções de Direito Tributário;

Técnico judiciário – área informática: conteúdos diretamente relacionados à área de atuação.

Conteúdo programático e prova concurso juiz TRF 3 – 2018

A prova objetiva do último concurso para Juiz Substituto do TRF 3, realizado em 2018, foi composta por 100 questões. O conteúdo programático está dividido em três blocos, conforme a lista abaixo:

Bloco I (35 questões): Direito Constitucional, Direito Previdenciário, Direito Penal, Direito Processual Penal, Direito Econômico e de Proteção ao Consumidor.

Bloco II (35 questões): Direito Civil, Direito Processual Civil, Direito Empresarial, Direito Financeiro e Tributário.

Bloco III (30 questões): Direito Administrativo, Direito Ambiental e Direito Internacional Público e Privado.

Os candidatos aprovados e classificados para a segunda etapa realizaram duas provas escritas. A primeira delas foi a prova discursiva onde foram cobradas questões relativas a noções gerais de Direito e formação humanística e questões sobre quaisquer pontos do programa específico do respectivo ramo do Poder Judiciário nacional.

A segunda prova foi a de sentença. Esta foi aplicada em dois dias e consistiu na elaboração de duas sentenças, uma cível e outra criminal.

Último concurso para técnico e analista TRF3

Apesar de ter realizado concurso em 2016, a última vez que houve oferta para os cargos de Técnico Judiciário – Área Administrativa e Analista Judiciário – Área Judiciária foi no certame de 2013. Homologado em 2014, inicialmente o concurso foi válido até 2016. Entretanto, a vigência da seleção foi prorrogada até abril de 2018.

Na época, candidatos às vagas de analista realizaram provas objetivas de conhecimentos gerais e específicos e prova discursiva composta por estudo de caso. Para técnicos, as etapas variaram conforme a função, com provas objetivas (conhecimentos gerais e específicos), discursiva (redação ou estudo de caso) e prova prática de capacidade física.

As remunerações do edital de 2016 foram de R$ 5.425,79 (técnico) e R$ 8.863,84 (analista). Entretanto, houve reajustes em novembro de 2018 e janeiro de 2019, fazendo com que os servidores aprovados entrassem com vencimentos de R$ 8.475,36 e R$ 13.339,30, respectivamente.

Além desse valor, colaboradores do TRF3 contam com auxílio-alimentação, auxílio-transporte e auxílio-saúde. Outro benefício disponível são os adicionais de qualificação, com percentuais que variam entre 1% e 12,5% em relação ao vencimento básico. Confira informações complementares no Edital concurso TRF3 2013.

Inscrições concurso TRF 3

O prazo para das inscrições para o concurso do TRF3 foi aberto do dia 12 de setembro a 2 de outubro de 2019. Para se inscrever, os candidatos precisaram acessar o site da banca organizadora, a FCC. O valor da taxa de inscrição foi fixado em R$ 85,00 para cargos de nível médio e R$ 95,00 para os de nível superior. Puderam solicitar a isenção do valor inscritos no programa CadÚnico e doadores de medula óssea.

Apostilas preparatórias: Técnico Judiciário (Todas as Áreas/Especialidades)Analista Judiciário – Área Administrativa

Voltar ao topo

Deixe um comentário