O que é Contabilidade Gerencial?

O conceito se refere ao procedimento que é utilizado para análise de transações financeiras. Entenda quais são os métodos da Contabilidade Gerencial e quais são suas análises. Saiba também qual é a diferença de Contabilidade Gerencial e Contabilidade Financeira.

O processo utilizado para medir as transações financeiras, além de analisar e gerenciar as etapas da produção na contabilidade recebe a denominação de Contabilidade Gerencial.

Seu objetivo do seu uso por parte dos gestores é fazer com que a empresa alcance suas metas e defina outras. Por isso, este modelo de contabilidade é utilizado de maneira interna.

Assim sendo, por meio dela, é possível que orçamentos e relatórios especiais sejam formados e apresentem métodos de análise aos gestores.

Contabilidade Gerencial: métodos

Os métodos que identificam os dados contábeis e financeiros para apresentação aos gestores podem ser utilizados pelos contabilistas. Assim sendo, eles vão desde à suas análises, até, a formação de relatórios de orçamentos.

Análises de margens e previsões

É possível que os os gestores visualizem e possam prever o que acontece na empresa, seja aquilo que pode ser melhorado, ou continuar o que já está certo. Esta possibilidade se dá graças às analises disponibilizadas aos responsáveis pela gestão.

Assim sendo, uma análise de margem demonstra, em porcentagem, o benefício adicional que se obtém com o aumento de produção. Além disso, exibe também a eficiência da margem de contribuição e análise do ponto de equilíbrio contábil.

Desse modo, acompanhar as tendências financeiras que o negócio segue, como os picos de vendas, é importante para que possíveis previsões para a produção sejam analisadas. Ademais, ainda há a possibilidade de acompanhar as fases em que os custos e despesas sejam maiores. Logo, dá para identificar quais precisam de melhoria.

Análise de custos

Os custos e despesas que um negócio atinge são interpretados de diferentes maneiras pelos contabilistas gerenciais. Dessa maneira, pode ser que as formações de preços no mercado ou a aquisição de estoques atinjam níveis mais eficazes para a organização.

Formação de orçamentos

Os gestores, quando trabalham em conjunto com as análises de previsão, têm a possibilidade de obterem planos empresariais que devem ser seguidos por cada período.

Portanto, é como se o orçamento empresarial funcionasse como um “mapa” de todo o planejamento. Assim sendo, o quanto deve ser faturado e a quantidade que poderá ser consumida em cada setor são envolvidas.

Contabilidade Gerencial x Contabilidade Financeira: diferenças

A principal diferença entre as duas contabilidades está no público alvo. A Contabilidade Gerencial funciona apenas de maneira interna. Ela é formada a partir de demonstrações contábeis, em que os contabilistas exprimem informações para o uso interno.

A Contabilidade Financeira, por sua vez, é feita de acordo com a legislação e os princípios da contabilidade. Ademais, o documento se destina ao público exterior da empresa. Como os investidores.

Contabilidade Gerencial: objetivos

As informações financeiras da empresa são utilizadas pelo contador gerencial de maneira interpretada com métricas para que o negócio possa ser operado.

Logo, nessa contabilidade é possível utilizar as mesmas informações da contabilidade normalizada. Fator que gera demonstrações para usuários externos. Além do mais, ainda fornecem informações úteis para decisões gerenciais.

Portanto, o objetivo é fazer com que os gestores tenham informações que sejam mais ajustadas às necessidades da operação e na utilização dos recursos. Como acontece na contabilidade de custos.

Contabilidade de custos em conjunto à Gerencial

A contabilidade de custos é um outro ramo utilizado na Contabilidade Gerencial. Seu objetivo é identificar as informações que dizem respeito aos custos incluídos nas atividades.

Por este formato os contabilistas conseguem realizar processos de identificação de custos. O que é feito, principalmente, fazendo uso de “rateio”. Método que auxilia nas tomadas de decisões sobre o uso de recursos.

Assim sendo, as informações podem ser exibidas em diferentes métodos de custeio da produção ao realizar este tipo de contabilidade. Alguns exemplos são o Custeio por Absorção ou do método de Custeio por Atividades.

Contabilidade Gerencial: importância

Por meio da Contabilidade Gerencial, os administradores têm a possibilidade de obter informações que auxiliam na intervenção de aprimoramentos ou de modificações nos processos do negócio.

Isso acontece porque as informações contábeis são exibidas de maneira mais detalhada. Para tal, utiliza-se de métricas próprias para a operação.

Por fim, ao contrário do que acontece no Gerencial, a elaboração das demonstrações contábeis não permite  que os gestores façam análises e intervenções para reduzirem custos ou aumentarem as receitas.

Você querer saber também sobre: Custeio por Absorção.

O que é Contabilidade Gerencial?
Avalie
Voltar ao topo

Notícias relacionadas

Deixe um comentário