Método Pomodoro: O que é e como usar para melhorar a produtividade

Saiba como é possível ter mais foco na execução de tarefas e dar um fim à procrastinação.

Você conhece o Método Pomodoro? Caso sua resposta tenha sido não, saiba que ele é famoso e pode ser utilizado para o gerenciamento do tempo e, consequentemente, melhorar a produtividade em diversas áreas, principalmente nos estudos. 

A palavra pomodoro vem do italiano e quer dizer “tomate”. Mas, o que isso tem a ver com gestão de tempo para melhorar a produtividade? Para entender melhor a associação, é preciso voltar algumas décadas, mais precisamente em 1980.

Isso porque o responsável pela criação da técnica foi o italiano Francesco Cirillo, que utilizou um cronômetro de cozinha com formato de tomate (daí a origem do nome) para gerenciar o tempo durante a execução de uma tarefa. Cirillo desenvolveu a habilidade de administrar o tempo conforme suas necessidades, de forma a otimizá-lo.

O que é o Método Pomodoro?

O Método Pomodoro é um modelo de gestão do tempo, que consiste na utilização de um cronômetro para dividir o fluxo de trabalho em blocos, melhorando a agilidade do cérebro e estimulando o foco. Seu uso traz aumento na produtividade e eficiência nas atividades empenhadas.

Durante o processo de criação do método, Cirillo chegou a conclusão de que períodos de 25 minutos são ideais para esses blocos (apelidados de pomodoros). Além disso, é necessário fazer uma pausa de 5 minutos para descanso. 

O que faz o Método Pomodoro ser eficaz?

A eficácia do método está essencialmente no combate à procrastinação. Pessoas com dificuldade para iniciar uma tarefa costumam ter baixo rendimento de produtividade. Isso se dá em razão da dificuldade de definir prioridades, o que acaba gerando a perda de foco.

Se aplicada a técnica Pomodoro, essa protelação perde força, já que a pessoa estará consciente que haverá uma pausa em poucos minutos.

Nela, também é possível definir melhor as prioridades durante a execução de tarefas. O motivo: o método Pomodoro permite que a pessoa perceba em quais atividades ela leva mais ou menos tempo para a execução.

Outro ponto importante inclui a concentração. Quando alguém trabalha sem interrupções, o foco consequentemente aumenta, assim como o desempenho. As pausas surgem como um alívio e evitam o sobrecarregamento físico e mental. 

Como funciona o Método Pomodoro?

Veja o passo a passo e saiba como aplicar o método na realização das suas próximas atividades:

  1. Crie uma lista com as tarefas que estão pendentes.
  2. Pegue um cronômetro e programe para 25 minutos (pode ser o despertador de celular, não necessariamente o timer no formato de tomate).
  3. Selecione uma das tarefas e trabalhe nela sem interrupções (fique longe das redes sociais).
  4. Ao soar do despertador, faça a pausa de 5 minutos. Levante-se, caminhe ou alongue o corpo.
  5. Volte ao trabalho depois da pausa por mais um “pomodoro”, ou seja, 25 minutos.
  6. Risque a tarefa da lista assim que terminá-la.

Importante! A cada quatro blocos, a pausa se torna mais longa, cerca de 30 minutos antes de retomar ao trabalho. 

Faça isso todos os dias sempre que precisar realizar alguma tarefa que exija concentração e dedicação, como os estudos, por exemplo. Inicie realizando listas de atividades diárias, pois elas vão ajudar na criação do foco. O intuito é que, no decorrer do tempo, seja possível identificar quantos “pomodoros” são necessários para realizar determinada atividade.

Dicas para melhor utilização da técnica

  • Obedeça ao prazo de descanso e de execução das atividades, sobretudo quando as interrupções se tornam constantes. Pare somente em casos de extrema urgência.
  • Caso lembre de outras atividades que precisam ser executadas, anote a ideia em um papel e volte a trabalhar na tarefa anterior.
  • Em caso de atividades que exigem concentração máxima, o descanso de até 5 minutos pode durar mais um pouco, contanto que não seja longas horas.
  • O mesmo vale para quem está a todo vapor em uma atividade e precisa obedecer a regra dos 25 minutos. Nesses casos, é possível estender mais um pouco o tempo de trabalho, compensando depois no momento de descanso. 

Por tudo isso, o Método Pomodoro é de fato simples, prático e funcional. Contudo, ele não é universal. Vale frisar que cada pessoa se adapta de uma maneira diferente.

A ideia é melhorar o desempenho e não piorá-lo. Por isso, cabe a cada um adotar pequenas mudanças que tragam mais conforto no momento de uso da técnica. 

Leia ainda: O que é Lean Startup? Métodos, Fases, Conceito e Significado

Método Pomodoro: O que é e como usar para melhorar a produtividade
Avalie
Voltar ao topo

Notícias relacionadas

Deixe um comentário