O que é tunneling?

Entenda o significado do termo e saiba como o esquema fraudulento é utilizado dentro das organizações

Há algumas empresas que se utilizam de métodos ilícitos para se dar melhor nas competições mercadológicas. O tunneling,  é um desses formatos ludibriosos, que trabalha com fraude financeira.

O  tunneling acontece quando um acionista majoritário manipula ativos e lucros do órgão para que ele leve vantagem pessoal com esse ato.

Oriundo da República Checa, o termo foi utilizado pela primeira vez em 1990. Exatamente o período em que o sistema bancário do país estava em crise.

Nessa época houve uma falência de instituições financeiras  em massa. Fato que levou a descoberta de que os empresários estavam passando a maior parte das empresas para outras organizações.

Essa transferência era, principalmente, para offshores. O termo se refere a companhias ou entidades financeiras que possuem a contabilidade em outro país que não seja o de operação da empresa. Isso acontece para que ela possa ter benefícios fiscais.

Portanto, esse é um dos métodos utilizados por quem pratica o tunneling. O conceito é utilizado, geralmente, por motivos tributários ou para que o empresário consiga alterar as ações de mercado.

Por exemplo, o tunneling acontece quando o gestor vende porções da organização  por um valor muito abaixo do que ela realmente vale. Essa venda é feita para outra empresa que tem o mesmo gestor, ou um familiar deste.

Assim, essas pessoas emprestam seus nomes e, desta forma, evitam impostos, taxas ou problemas para quem realmente comprou as partes. Popularmente, essa pessoa que cede o nome é conhecida como laranja.

Veja mais sobre

O que é tunneling?
Avalie
Voltar ao topo

Notícias relacionadas

Deixe um comentário