ENEM pode virar prova de Concurso Público

A PM de Minas Gerais usa as provas como critério de seleção, será isso uma nova tendência?

O Exame Nacional do Ensino Médio, que seleciona estudantes para o ensino superior de diversas instituições públicas, pode ser usado como processo seletivo para concursos no Brasil. As melhorias estão relacionadas à localidade das provas, o candidato não precisa se deslocar mais para realizar a prova de um possível certame em outra região, já que a prova é aplicada simultaneamente em todo Brasil.

Um das instituições que já usam o Exame é o Concurso da Polícia Militar da Paraíba. O certame desde 2013 usa as provas como critério de avaliação teórica. Em 2016 o Enem inscreveu mais de 8 milhões de estudantes que poderão usar as notas obtidas em processos seletivos em 2017.

Instituições

O curso de formação de oficiais da PM da Paraíba selecionou 30 candidatos para as vagas. Além da participação no Exame, os candidatos deveriam apresentar altura mínima de 1,60m para mulheres e 1,65m homens. Os mesmos necessitarão ter até 30 anos até o ato da matrícula. O salário inicial para Oficiais é de R$ 5.867, 62.

O processo seletivo da Seplag – secretaria de Estado de Planejamento e Gestão (Seplag) – Minas Gerais, ofertou 40 vagas para o cargo de especialistas em Políticas Públicas e Gestão Governamental pelo ENEM. O Vencimento do cargo é de R$ 5.100, mais gratificações que podem chegar o 100%.


A inscrição poderá ser realizada no período de 20 de julho a 20 de setembro. A ficha de cadastro estará disponível no site da organizadora: www.idecan.org.br. O valor da taxa de seleção é de R$ 60.

As inscrições do Enem terminaram no dia 20 de maio. A estimativa é de que mais de 8 milhões de candidatos participem do Exame.

Voltar ao topo

Deixe um comentário