Concurso IBGE 2019: Orçamento previsto para 250 mil vagas!

O Ministério do Planejamento já prevê a realização de processo seletivo para o Censo Demográfico em orçamento para o ano que vem.

Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) tem fundamental importância na organização de políticas públicas brasileiras. Através das pesquisas e censos demográficos realizados pelo órgão, é possível determinar características pertinentes ao contingente populacional e demandas econômicas.

A força de trabalho que compõe seu quadro funcional é contratada por meio de concursos públicos e processos seletivos. Nesse último, são selecionados profissionais temporários para realização de trabalhos relacionados aos Censos Demográfico e Agropecuário.

A notícia é boa para quem espera por oportunidades de ingresso no próximo ano. O Ministério do Planejamento confirmou ter incluído novo processo seletivo para o IBGE no orçamento para 2019.

Segundo a Pasta, consta verba de R$ 200 milhões para a abertura e realização da seleção. Ao que tudo indica, serão nada menos que 250 mil postos destinados à realização do Censo 2020. A confirmação do orçamento facilita a autorização de concurso para temporários uma vez que o projeto demanda pessoal específico para atuação.

Concurso para temporários

Inicialmente, o IBGE tem pedido com 397 postos para contratação temporária e lotação no Censo 2020. As oportunidades contemplarão os níveis fundamental e médio de escolaridade, incluindo os cargos de recenseador e agentes (municipal, supervisor, regional e administrativo) A duração dos contratos variará conforme o posto ocupado.

A remuneração para recenseador seguirá conforme a produtividade e poderá chegar a R$ 2.600,00. Para os demais cargos, os vencimentos girarão entre R$ 1.958,00 e R$ 2.958,00.

O IBGE planeja, ainda, abrir mais de 300 mil vagas, também, para o Censo 2020, sendo a maior parte para recenseador. Todos os preparativos relacionados ao Censo serão iniciados em 2019, o que inclui a solicitação das demais vagas.

Carência e fechamento de agências

Apesar do papel desempenhado pelo instituto, a situação apresentada por seu quadro funcional é desesperadora. Em carta endereçada ao presidente da República, a Assibge, entidade que representa os trabalhadores do órgão, afirma que 50% da força de trabalho é constituída por profissionais temporários.

Segundo a organização, o contrato destes servidores tem duração máxima de três anos, demandando longo tempo desprendido para treinamento e formação. A Assibge compreende a importância de temporários para trabalhos efetivamente esporádicos (como o CENSO), mas não para atividades contínuas.

O fato é que o IBGE passa por grave carência de efetivos e a tendência é piorar graças às aposentadorias. Atualmente, 1.750 funcionários do órgão estão em condições de se aposentar e se juntariam aos 220 que deixaram o instituto neste ano.

Como resultado da falta de mão de obra, oito agências do IBGE já fecharam e 60, das 570 ainda existentes, operam com apenas um servidor. Daí, a urgência na autorização de um novo concurso público.

Concurso IBGE foi solicitado com 1.800 vagas em cargos de níveis médio e superior. Porém, a Assibge já afirma que a quantidade será insuficiente para sanar toda a demanda, diante dos menos de 5 mil efetivos em todo o país. O que mais preocupa é que ainda não há segurança de que o pedido será atendido na íntegra.

Concurso IBGE – efetivos

O pedido que tramita junto ao Ministério do Planejamento conta com 1.800 vagas em cargos de níveis médio e superior. Destas, 1.200 seriam para técnico e, as demais, para analista. As remunerações variam de R$ 3.890,87 a R$ 8.213,07, incluindo o auxílio-alimentação de R$ 458,00.

O IBGE adiantou os procedimentos relativos à seleção através da finalização do edital de remoção interna. O procedimento, habitualmente, antecede o lançamento de novo certame.

nquanto as autorizações de concurso para o IBGE não saem, os candidatos podem adiantar seus estudos através do que foi cobrado em editais anteriores. Neles, as seguintes disciplinas constaram no conteúdo programático:

  • Língua Portuguesa
  • Matemática
  • Geografia
  • Conhecimentos Específicos do IBGE
  • Língua Inglesa
  • Raciocínio Lógico Quantitativo

Comece a se preparar com antecedência: Apostilas baseadas em editais anteriores nos cargos de TÉCNICO EM INFORMAÇÕES GEOGRÁFICAS E ESTATÍSTICASAGENTE DE PESQUISAS E MAPEAMENTO e RECENSEADOR

Voltar ao topo




Deixe um comentário