PMERJ vai convocar 3 mil aprovados no concurso de 2014

Governo usará parte do orçamento da Alerj para convocar aprovados em concursos da Polícia Militar e Polícia Civil do Rio de Janeiro.

Boas notícias para os aprovados no concurso da Polícia Militar do Estado do Rio de Janeiro (PMERJ) de 2014, mas que ainda não foram convocados.

Mais de 3 mil aprovados serão convocados com uma parte do orçamento da Assembleia Legislativa do Estado do Rio de Janeiro (Alerj). O anúncio da medida foi feito nesta quinta-feira, 24, pelo presidente em exercício da Casa, deputado André Ceciliano.

A decisão foi tomada a partir de um encontro com o secretário do Estado de Governo, Gutemberg de Paula Fonseca.

Aprovados no certame da Polícia Civil também podem comemorar. Cerca de 195 agentes aprovados no certame de 2014, nas funções de oficiais de cartório e papiloscopistas, também serão convocados.

Quatro anos depois da publicação dos editais os aprovados ainda aguardam pela convocação. Os andamentos finais dos certames foram prejudicados pela grave crise econômica pela qual o estado passa.

A previsão, de acordo com o governo, é que as convocações para o Curso de Formação Profissional ocorram durante o mês de fevereiro.

Com o acordo, o Legislativo deixará de receber R$ 95 milhões em 2019 e R$ 105 milhões em 2020, verba que será usada para o pagamento do salário dos policiais. Ceciliano frisou a economia que a Casa tem feito nos últimos anos, viabilizando a adoção da medida.

“Só em 2018 economizamos R$ 378 milhões do nosso orçamento, recurso que ajudou o estado a pagar os servidores. Agora decidimos dar essa contribuição direta pela segurança do nosso Estado”, enfatizou o parlamentar.

O presidente em exercício informou, ainda, que solicitará a alocação de metade dos efetivos na baixada fluminense, região que sofre com altos índices de violência.

Para permitir a chamada dos policiais, a Alerj já tinha incluído, na lei que garantiu a entrada no Regime de Recuperação Fiscal (Lei 7.629/17), uma emenda prorrogando a validade dos concursos.

Governador pretende realizar concursos anuais para a PM

Durante entrevista coletiva no início do ano, o governador do Rio, Wilson Witzel, firmou compromisso de realizar seleções anuais para a corporação. A previsão é que os certames abram 2 mil vagas todos os anos.

No entanto, os concursos só poderão ser realizados quanto todos os aprovados em 2014 foram convocados.

Embora a convocação dos 3 mil aprovados esteja prevista para começar em fevereiro, é bastante provável que isso ocorra de forma escalonada.

Isso porque, de acordo com o líder do Executivo fluminense, o Centro de Formação e Aperfeiçoamento de Praças (Cefap) tem capacidade para absorver apenas turmas com 500 agentes por mês.

“Minha ideia era chamá-los de imediato, mas o Cefap não tem condições de absorver três mil novos policiais em formação. Então vamos aos poucos”, afirmou o governador.

Último concurso soldado PMERJ

Lançado em 2014, o último concurso para soldados abriu, nada menos, que 6 mil vagas. Para concorrer uma das oportunidades, os candidatos deveriam apresentar ensino médio completo.

Além disso, deveriam ter entre 18 e 30 anos até o último dia de inscrição, porte de CNH a partir da categoria B, altura mínima de 1,65m para candidatos do sexo masculino e 1,60m feminino, entre outros requisitos.

Na época, os concorrentes foram avaliados por meio de sete etapas, a saber:

  • Exame Intelectual (prova objetiva e Redação);
  • Avaliação Psicológica;
  • Exame Antropométrico;
  • Teste de Aptidão Física (TAF);
  • Exame Toxicológico;
  • Exames Médicos ;
  • Investigação Social e Documental.
Voltar ao topo

Deixe um comentário