Concurso Marinha para quadro de médicos sairá em abril

Certame é dividido em três etapas, e abrange diversas especialidades médicas. Ao fim da formação, remuneração pode chegar a até R$ 11 mil.

A Marinha do Brasil confirmou a realização de um novo concurso este ano, desta vez para o Quadro de Médicos. O edital deverá ser lançado entre os dias 15 e 30 de abril.

O certame é um dos dez previstos no calendário oficial da instituição para este ano. A Marinha já iniciou as seleções para o Corpo de Engenheiros e de Soldados Fuzileiros Navais. Além disso, o concurso para Quadro Técnico deve ter o edital divulgado até o dia 31 de março.

Para participar do certame, é necessário ser brasileiro nato e ter menos de 36 anos até o dia 1º de janeiro de 2020. Os médicos interessados devem ainda possuir graduação completa na área de interesse.

As vagas serão distribuídas a nível regional e nacional. Para as oportunidades regionais, é obrigatório que o candidato possua o certificado de residência médica ou de especialista na área de interesse até a data de início do Curso de Formação de Oficiais (CFO), que deve ocorrer em março de 2020.

Já quanto às vagas de nível nacional, o candidato que não tiver residência médica ou especialização deverá fazer o Curso de Aperfeiçoamento (C-Ap) em certo ponto de sua carreira na instituição. Neste caso, o curso será oferecido pelo Hospital Naval Marcílio Dias ou em outro local autorizado pela Administração Naval.

Concurso Quadro de Médicos Marinha 2019: Etapas de avaliação

O concurso Quadro de Médicos Marinha 2019 terá três etapas, a saber: seleção inicial, eventos complementares e o Curso de Formação de Oficiais (CFO).

A seleção inicial consiste na aplicação de prova escrita e redação. Nesta etapa, o candidato faz uma prova objetiva, com 50 questões de múltipla escolha. O exame vale 100 pontos, sendo que o candidato deve obter uma nota igual ou superior a 50 para ser aprovado.

A etapa seguinte é composta pelos eventos complementares. Nesta fase, são realizadas a Inspeção de Saúde (IS), Teste de Aptidão Física (TAF), Verificação de Dados Biográficos (VDB – fase preliminar) e Prova de Títulos (PT).

Por fim, na última etapa, que é o CFO, são feitas outras avaliações. Ocorrem, então, o período de adaptação, verificação de documentos e de dados biográficos e avaliação psicológica. Só depois dessas análises é que o curso se inicia.

O CFO tem duração de 39 semanas, e é realizado no Centro de instrução Almirante Wandenkolk, no Rio de Janeiro – RJ. Durante o curso, os aprovados recebem cerca de R$ 6,9 mil, e recebem o título de Guarda-Marinha.

Logo após concluir a formação, os classificados passam a ocupar o posto de 1º tenente. A partir daí, recebem iniciais de até R$ 11 mil, além dos benefícios.

Atuação

O Quadro de Médicos da Marinha é destinado a oficiais. O certame abrange diversas especialidades médicas, como Cirurgia Geral, Ginecologia e Obstetrícia, Anestesiologia, Clínica Médica, Radiologia, Psiquiatria, Traumatologia, Ortopedia e Pediatria.

Os aprovados no concurso da poderão atuar nas seguintes áreas:

  • medicina assistencial (ambulatórios, policlínicas e hospitais navais)
  • medicina operativa (navios e tropas)
  • medicina pericial (juntas de saúde)
  • pesquisas médicas (instituto de pesquisas biomédicas)
Voltar ao topo

Deixe um comentário