Presidente do TRF3 reconhece necessidade de novo concurso

Therezinha Cazerta admite que o tribunal apresenta carência de servidores, e disse que busca medidas para efetivar a realização de certame.

A presidente do Tribunal Regional Federal da 3ª Região (TRF3), Therezinha Cazerta, reconheceu a necessidade da realização de um novo concurso no órgão. Ela também afirmou estar buscando meios para que o certame possa ser realizado.

A declaração da presidente do tribunal foi feita na última semana, durante uma reunião com o Sindicato dos Trabalhadores do Judiciário Federal (Sintrajud). Uma das pautas levantadas durante o encontro foi a necessidade de novos concursos.

Cazerta se mostrou receptiva com a solicitação, e disse que busca medidas para efetivar a realização de concurso, apesar da restrição de recursos.

O TRF3 indicou que, no momento, estão sendo realizados estudos prévios sobre o próximo certame da instituição. No entanto, ainda não há previsão de data para a publicação do edital.

Presidente do TRF3 admite carência de servidores no órgão

Cazerta admitiu ainda que o TRF3 sofre com a carência de servidores, por isso concorda com a realização de um novo concurso. No mês de novembro, a presidente se reuniu com o ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), Dias Toffoli, e comentou a reestruturação da primeira instância.

Na ocasião, ela explicou que o novo modelo de vara será por meio de processo eletrônico e permitirá remanejamentos. Ela ainda acrescentou que assim serão necessários menos servidores.

No entanto, mesmo com essa perspectiva, a realização de um novo concurso está prevista, ainda que sem um prazo definido. O novo certame é considerado extremamente necessário. Isso porque o TRF3 não tem mais concurso válido, portanto não há possibilidade de novas nomeações para suprir a falta de pessoal.

Tribunal poderá convocar aprovados no TRE SP

Para amenizar a carência de servidores, o TRF3 poderá convocar os aprovados no concurso do TRE SP. O processo para aproveitar os classificados no certame está em tramitação.

O TRF3 solicitou o provimento de nove cargos de Técnico Judiciário – Área administrativa e dois cargos de Analista Judiciário – Área Judiciária. Mesmo com o possível aproveitamento de aprovados no TRE SP, a realização de um concurso do TRF3 continua em fase de estudos.

O último concurso do TRF3 foi realizado em 2013. Na ocasião, foram oferecidas 260 vagas para Analista Judiciário e Técnico Judiciário. O próximo edital deve contemplar as mesmas carreiras do certame anterior.

Veja mais sobre

Voltar ao topo

Deixe um comentário