Concurso Delegado PC ES: inscrições são prorrogadas até 30 de abril

O edital da seleção foi retificado, com alterações no cronograma e nas etapas de avaliação. Oferta é de 33 vagas, com salário inicial de R$ 10.058,56.

Mudança de última hora no concurso da Polícia Civil do Espírito Santo (PC-ES)! O prazo de inscrições para o certame, que seria encerrado nesta quarta-feira (24), foi prorrogado até o dia 30 de abril.

A alteração não ficou só no cronograma: as etapas de avaliação do concurso também foi modificada. A prova objetiva, que antes conteria 120 questões, agora passa a ter 100 perguntas.

Mesmo com esta redução, a prova segue valendo 120 pontos. Para que este número fosse mantido, houve o aumento do valor de pontos das questões acertadas em três áreas de conhecimentos: Direito Penal, Direito Processual Penal e Direito Administrativo.

Também quanto a avaliação, houve aumento na duração da prova objetiva, com o acréscimo de mais 30 minutos nas cinco horas anteriormente previstas.

A prova oral agora tem um peso maior – de 20 pontos, a avaliação agora vale 40. Com isso, a pontuação mínima exigida também passa a ser de 20 pontos.

Além da mudança da pontuação, a disciplina de Direito Administrativo foi incluída no conteúdo programático da prova oral, que antes contava com Direito Constitucional, Direito Penal e Direito Processual Penal.

O conteúdo programático também sofreu alteração. Na disciplina de Direito Administrativo, também será cobrada a Lei nº 8.429/92 e suas alterações (Improbidade Administrativa). Em Direito Penal, foi inserida a Lei nº 3.688/41 e suas alterações (Lei das Contravenções Penais).

No início de abril, o Ministério Público de Contas do Espírito Santo (MPC-ES) pediu a suspensão do concurso no início de abril. De acordo com o órgão, a concessão de até dez pontos na avaliação de títulos para candidatos que exerceram cargos de natureza policial na Administração Pública é irregular.

Apesar do que foi apontado pelo MPC-ES, não houve alterações quanto a avaliação de títulos na retificação do edital. Quanto a suspensão do certame, a PC-ES não informou se atenderá ao pedido do órgão.

Concurso PC ES

O concurso da Polícia Civil do Espírito Santo oferta 33 vagas de delegado. Deste total, duas são reservadas para pessoas com deficiência. A banca organizadora é o Instituto Acesso.

A inscrição deve ser feita por meio do endereço eletrônico do Instituto Acesso. Valor de R$ 138,00 será cobrado como taxa de participação.

Para a carreira, são exigidos:

  • Ensino superior completo em Direito;
  • Três anos de prática forense, após a conclusão de curso de Direito;
  • Três anos de atividade policial comprovada em qualquer instituição de segurança pública.

O salário inicial é de R$ 10.058,56. A jornada de trabalho é de 40 horas semanais, com regime integral e dedicação exclusiva.

O concurso será realizado em sete etapas:

  • 1ª Etapa – Prova escrita de conhecimento objetivo – caráter eliminatório e classificatório;
  • 2ª Etapa – Prova discursiva – caráter eliminatório e classificatório;
  • 3ª Etapa – Exame de aptidão física, exame de sanidade física e mental e exame psicotécnico – caráter eliminatório e classificatório;
  • 4ª Etapa – Prova oral – caráter eliminatório e classificatório;
  • 5ª Etapa – Avaliação de títulos – caráter classificatório e comprovação do tempo mínimo de prática forense ou atividade policial – caráter eliminatório;
  • 6ª Etapa – Sindicância de vida pregressa – caráter eliminatório;
  • 7ª Etapa – Curso de Formação Profissional – caráter eliminatório.

As cinco primeiras serão realizadas pelo Instituto Acesso, enquanto as demais ficarão sob responsabilidade da Polícia Civil do Espírito Santo.

O concurso terá validade de 24 meses. Poderá ser renovado por igual período, a critério e conveniência da administração pública.

Veja informações complementares pelo Edital concurso delegado PC ES 2019.

Voltar ao topo

Deixe um comentário