PRF estuda convocação de excedentes do concurso em andamento

Chamada dos candidatos é resposta ao atual déficit de pessoal na corporação. Novo pedido de edital ao governo também é considerado

Nesta segunda-feira (8), em reunião da Federação Nacional do Policiais Rodoviários Federais (FenaPRF) com o diretor-geral da Polícia Rodoviária Federal (PRF), Adriano Furtado, foi discutida a possibilidade de convocar os excedentes do concurso em andamento da corporação.

No encontro, que também contou com a presença de uma comissão de aprovados do concurso como representantes desses excedentes, a convocação seria uma forma de diminuir o atual déficit de pessoal da PRF. A falta de servidores é decorrente de aposentadorias, mortes, exonerações, entre outros casos.

Números do déficit

Dados da PRF divulgados pela Globo News mostram que em novembro de 2018, do número ideal de 18.424 servidores, a corporação possuía apenas 10.029 policiais na ativa. Para completar o quadro de pessoal, seriam necessários 8.395 profissionais para suprir a carência atual.

Segundo o site Folha Dirigida, que esteve em contato com a FenaPRF, a Federação é a favor da convocação de excedentes. A organização declarou que lutará para que esses candidatos sejam chamados e possam ocupar as vagas disponíveis na PRF.

Andamento do concurso da PRF

O último concurso da PRF, realizado este ano, continua em andamento. No início deste mês, o divulgado o resultado provisório do teste de aptidão física (TAF). Os candidatos tiveram até a última sexta-feira, 5, para enviar os pedidos de recursos para o Cebraspe, banca organizadora do certame.

Ainda faltam mais quatro etapas a serem realizadas: avaliação de saúde, avaliação psicológica, avaliação de títulos e o curso de formação.

Novo concurso da PRF

Como o déficit no quadro de pessoal da PRF é alto, convocar os excedentes não seria o bastante para preencher todas as vagas. Para tal, seria necessário a realização de um novo concurso.

De acordo com o Folha Dirigida, a corporação estuda pedir um novo edital ainda este ano. A solicitação será encaminhada para o Ministério da Economia. Ainda não há previsão de número de vagas.

Voltar ao topo

Deixe um comentário