scorecardresearch ghost pixel

Quanto ganha um bombeiro? Confira os melhores salários da categoria!

O salário de um bombeiro militar varia de acordo com seu cargo e com seu estado de atuação. Confira quais as remunerações médias para soldado e oficiais!

A carreira de Bombeiro Militar é uma das mais admiradas dentro do país. Além disso, o Corpo de Bombeiros Militar é citada como a instituição mais confiável pelos brasileiros, de acordo com uma pesquisa feita pelo IBOPE. Entretanto, uma pergunta é comum entre as pessoas que desejam ingressar na profissão: Afinal, quanto ganha um bombeiro militar?

Para responder essa pergunta, primeiramente é necessário entender os cargos distribuídos de acordo com as classes presentes no Corpo de Bombeiros. Os militares são divididos em duas classes, sendo os oficiais (classificados por postos) e os praças (classificados por graduações).

Os praças são os militares que fazem parte de uma categoria inferior presente na hierarquia militar. Geralmente, os praças ocupam os cargos de soldados e cabos. Já os cargos de oficial são destinados a patentes mais altas, geralmente de candidatos que já possuem graduação no ensino superior em alguma área.

Como se tornar um Bombeiro Militar

Para ser um bombeiro militar, é necessário que o interessado seja, primeiramente, aprovado em um concurso público destinado a profissão. O concurso ocorre geralmente para todos os estados brasileiros, ficando a cargo da corporação de cada estado a realização de um novo certame.

A seleção para Bombeiro Militar ocorre em 4 fases, sendo elas:

  • Provas Teóricas (Objetivas e Discursivas);
  • Teste de Aptidão Física;
  • Sindicância de Vida Pregressa;
  • Exames de Saúde.

Caso o candidato seja aprovado em todas as fases, ele inicia um curso de formação que possui duração média de 2 anos. Dessa forma, o curso é ministrado em regime integral e sob sistema de internato. Assim, há uma remuneração mensal durante esse período de formação.

Entretanto, o valor pago vai de acordo com o estado de atuação, visto que a remuneração fica a cargo da corporação de cada estado. Os concursos costumam oferecer vagas para candidatos que tenham nível de escolaridade médio e superior.

Alguns dos requisitos básicos exigidos para ingressar na carreira são:

  • Possuir entre 18 e 30 anos na data de admissão;
  • Estar em dia com o serviço militar (para candidatos homens);
  • Ser brasileiro nato ou naturalizado;
  • Estar em dia com as obrigações eleitorais;
  • Não possuir antecedentes criminais.

Veja também: Concurso Bombeiros PB: Comissão organizadora está formada

Remuneração Média

O valor salarial pago para um bombeiro militar varia de acordo com o cargo que ocupa e com seu estado de atuação. Os salários são estabelecidos nos editais de cada concurso. Entretanto, os valores podem aumentar de acordo com a evolução do servidor dentro da corporação.

Além da remuneração inicial, o bombeiro militar também recebe benefícios como gratificações, auxílio-fardamento e auxílio-alimentação. Contudo, os valores oferecidos por cada benefício variam de acordo com a corporação de cada estado e do Distrito Federal.

Com o intuito de esclarecer melhor os salários ofertados, listaremos os cinco estados que oferecem as melhores remunerações para os soldados e os oficiais.

Salários para Soldados

Os cinco estados que oferecem as melhores remunerações para os soldados são:

  • 1º – Paraná: R$ 7.069,95;
  • 2º – Distrito Federal: R$ 5.108,08;
  • 3º – Mato Grosso: R$ 4.639,19;
  • 4º – Santa Catarina: R$ 3.842,00;
  • 5º – Rio Grande do Sul: R$ 3.700,00.

Salários para Oficiais

Os oficiais dos bombeiros são melhores remunerados nos seguintes estados:

  • 1º – Rio Grande do Sul: R$ 11.620,55;
  • 2º – Mato Grosso: R$ 11.597,93;
  • 3º – Distrito Federal: R$ 9.945,64;
  • 4º – Sergipe: R$ 5.583,31;
  • 5º – Minas Gerais: R$ 8.874,59.

Voltar ao topo

Deixe um comentário