Como conseguir empréstimo com o nome negativado?

Nem sempre é fácil conseguir empréstimo com o nome negativado. Isso acontece principalmente por as empresas financiadoras conhecerem o histórico devedor da pessoa. Mas, ainda sim, é possível conseguir créditos para quitar dívidas.

Boa parte dos brasileiros possui o nome negativado. Nessa situação, são necessários meios para pagar as dívidas e quitar com todas a contas em aberto. Para isso, o crédito seria uma alternativa. Mas, não é tão fácil conseguir a aprovação de instituições financeiras para pessoas inadimplentes.

Para solucionar esses casos, existem empresas especializadas no empréstimo pessoal para pessoas com o nome sujo. A liberação depende do valor do empréstimo. Os juros geralmente são mais altos, pois o indivíduo já mostra um histórico de contas não pagas.

Por isso, as pessoas que solicitam empréstimo para quitar dívidas devem tomar alguns cuidados. Principalmente em casos de quem usa os bens como garantia de pagamento. Uma boa alternativa, é sempre optar por mais prestações e valores menores (que possua a capacidade de pagar).

Cuidados para negativados

Confira alguns cuidados para as pessoas com o nome negativado:

  • Cuidado para não cair em golpes: Existem algumas empresas que se aproveitam da situação e cobram uma taxa antes mesmo de liberar o empréstimo. Sempre pesquise antes de fechar o negócio e nunca pague antes da liberação;
  • Atenção à organização: Fique atento a como o site é organizado. Por exemplo, confira se existem erros de ortografia ou se não existem meios para contato (como telefone ou e-mail);
  • Rigidez: Os bancos e financeiras podem ser bem rígidas na hora de liberar empréstimo para quem possui o nome negativado. Assim como também possuem rigidez com prazo e parcelas;
  • Juros: Esse ponto é muito importante. Antes mesmo de assinar o contrato, compare o Custo Efetivo Total (CET);
  • Parcelas: Sempre opte por parcelas que caibam no seu bolso. Faça uma negociação possível de se manter.

Empréstimo para negativados autônomos

Para os trabalhadores autônomos, se torna mais complicado na hora de solicitar empréstimos com o nome negativado. Isso acontece principalmente pelo trabalhador não possuir um vínculo empregatício, além de não poder comprovar a renda. Mas, existem algumas alternativas:

  • Extrato bancário: Para os trabalhadores autônomos, uma alternativa é apresentar o extrato bancário de pelo menos os últimos 3 meses. Isso prova o dinheiro que entra e sai, além de aumentar as chances de conseguir o crédito;
  • Abrir um MEI ou CNPJ:  Com essa opção, é possível ajudar a comprovar os ganhos;
  • Refinanciamento: Uma ideia, é refinanciar sua casa ou automóvel. Logo, estes se tornam garantia do empréstimo.

Outros tipos de crédito

Existem outros tipos de créditos que podem auxiliar o trabalhador a quitar suas dívidas. Estes são:

  • Empréstimo consignado: Neste caso, o empréstimo está totalmente ligado a algum benefício do INSS ou à folha de pagamento (caso de funcionários públicos);
  • Garantia de imóvel: Para quem possui imóveis próprios, é possível utilizar como garantia;
  • Garantia de veículo: Da mesma forma, quem possui veículo quitado, pode utilizá-lo como garantia.

Lembre-se de sempre ficar atento a como está o contrato, pois em caso de inadimplência, os bens podem ser transferidos ao banco ou instituição financeira responsável pelo empréstimo.

Leia também: Cartão Caixa para negativados: Isento de anuidade e juros reduzidos

Voltar ao topo

Deixe um comentário