PIS e FGTS: Caixa anuncia calendário para novos saque dos recursos

Recursos serão entregues a pelo menos 55 milhões de trabalhadores. Os saques podem ser realizados até o dia 31 de março de 2020, de acordo com o mês de nascimento.

A Caixa Econômica Federal anunciou o calendário para o saque de recursos nas contas ativas e inativas do FGTS (Fundo de Garantia de Tempo e Serviço) e PIS (Programa de Integração Social). Além disso, a Caixa também detalhou qual a programação para novos pagamentos.

Para o FGTS, a expectativa é de que a Caixa beneficie pelo menos 55 milhões de trabalhadores. O recurso será entregue tanto para clientes da Caixa quanto para os de outros bancos. Lembrando que para quem não possui conta na Caixa, o pagamento será até o dia 31 de março de 2020.

Saque do FGTS para os clientes Caixa

Para os clientes Caixa, existe um cronograma estabelecido para os saques.

  • Nascidos de janeiro a abril: A partir do dia 13 de setembro;
  • Nascidos de maio a agosto: A partir de 27 de setembro;
  • Nascidos de setembro a dezembro: 9 de outubro.

Lembrando que as contas devem ter sido abertas até 24 de julho deste ano. Pelo menos 33 milhões de trabalhadores têm a poupança Caixa. De acordo com o banco, pelo menos 11 milhões receberão o valor de direito.

Saque do FGTS para quem não possui conta na Caixa

Pelo menos 63 milhões de pessoas não possuem conta na Caixa. Por isso, o cronograma de saques muda.

  • Nascidos em janeiro: A partir de 18 de outubro;
  • Nascidos em fevereiro: A partir de 25 de outubro;
  • Nascidos em março: A partir de 8 de novembro;
  • Nascidos em abril: A partir de 22 de novembro;
  • Nascidos em maio: A partir de 6 de dezembro;
  • Nascidos em junho: A partir de 18 de dezembro;
  • Nascidos em julho: A partir de 10 de janeiro de 2020;
  • Nascidos em agosto: A partir de 17 de janeiro de 2020;
  • Nascidos em setembro: A partir de 24 de janeiro de 2020;
  • Nascidos em outubro: A partir de 14 de fevereiro de 2020;
  • Nascidos em dezembro: A partir do dia 6 de março de 2020.

Valores dos saques

Cerca de 80% das contas existentes do FGTS têm saldo de até R$ 500. Aos que tiverem mais de uma conta, é possível retirar o valor de todas. Resgates inferiores poderão ser feitos em lotéricas, com a apresentação da identidade, CPF e registro digital.

Para os que tiverem o valor de R$ 100 até R$ 500 por conta, também será possível sacar em lotéricas, mas com a apresentação do Cartão Cidadão com senha e documento de identificação.

E se o trabalhador não quiser sacar os recursos?

Caso o trabalhador não queira sacar os recursos, deverá solicitar ao banco o cancelamento do crédito automático. Isso é possível através do aplicativo, do site ou pelo Internet Banking. O dinheiro poderá ser devolvido às contas do FGTS até abril de 2020. Os recursos continuarão como nunca sacados.

Cronograma do PIS

Para o PIS, não haverá prazo de saque. Cerca de 10,4 milhões serão beneficiadas, em um total de R$ 18,32 bilhões de recursos liberados. Os trabalhadores que estavam cadastrados no PIS até o dia 4 de outubro de 1988, podem seguir o seguinte cronograma:

  • Para os que possuem conta Caixa (todas as idades), receberão o pagamento até o dia 19 de agosto;
  • A partir dos 60 anos, os saques podem ser feitos a partir do dia 26 de agosto;
  • Aos que possuem até 59 anos, os saques podem ser feitos a partir do dia 2 de setembro.

Valores de até R$ 3.000 podem ser sacados em lotéricas da Caixa e terminais de autoatendimento com Cartão do Cidadão e senha ou em agências. Para sacar valores acima de R$ 3.000, somente em agência da Caixa com documentação.

Atendimento Caixa

A Caixa Econômica Federal anunciou que programou uma escala para o funcionamento das agências para um melhor atendimento. Ao iniciar o saque dos benefícios, as agências abrirão duas horas antes. Além disso, também irão funcionar aos sábados, com exceção do feriado de 12 de outubro.  Dependendo da demanda, o banco pode parrar a abrir nos domingos.

Banco do Brasil

O Banco do Brasil anunciou que os cotistas do Fundo PIS-Pasep poderiam sacar os recursos em agosto. O total disponível para saques é de R$ 4,5 milhões e são 1,522 milhão de cotistas.

Cerca de 30 mil cotistas possuem conta no Banco do Brasil, seja corrente ou poupança. Estes receberam o dinheiro automaticamente no dia 19 de agosto. Os clientes de outros bancos e com saldo de até R$ 5.000, puderam transferir o dinheiro por TED, a partir do dia 20 de agosto.

Já os demais cotistas, herdeiros e portadores de procuração legal podem sacar nas agências do banco a partir de 22 de agosto.

Voltar ao topo

Deixe um comentário