Está no vermelho? Caixa oferta linhas de crédito para negativados sem consulta ao SPC e Serasa

Se você enfrenta dificuldade para conseguir crédito no mercado, e precisa de dinheiro imediato, conheça a opções de concessão de empréstimo da Caixa.

O total de brasileiros que possuem CPF negativado representam 40% dos consumidores do país, o que corresponde a aproximadamente 60 milhões de pessoas com o nomes sujo em órgãos de proteção de crédito, como SPC e Serasa.

Essa grande parcela da população pode ter muita dificuldade em aprovação de compras e para solicitar crédito no mercado, seja por meio de cartões ou de empréstimos.

Isso acontece porque geralmente os bancos realizam uma análise nos órgãos de proteção de crédito para verificar se o consumidor é um bom pagador.

Dessa forma, ao notar dívidas em aberto, as instituições reprovam o pedido de crédito o que pode comprometer mais ainda a vida do consumidor.

Para quem se encontra nesta situação, a Caixa Econômica Federal desenvolveu duas linhas de crédito que podem ser solicitadas e concedidas aos negativados. Elas são o Empréstimo por Penhor e o crédito com garantia no FGTS.

Porém, vale ressaltar que a estatal exige que diversas garantias sejam entregues para garantir o pagamento da quantia solicitada pelos negativados.

Empréstimo por Penhor

O Penhor da Caixa é uma das linhas de crédito que possuem as menores taxas de juros no mercado, sendo disponibilizada de modo simples e rápido. Com ele, o consumidor consegue sair do banco já com o dinheiro, sem necessidade de passar por uma avaliação de crédito ou por um avalista.

Contudo, será necessário que o cliente deixe um bem de valor para conseguir o empréstimo. Sendo assim, a quantia liberada será de até 85% do valor do bem entregue, com valor mínimo de R$ 50 e máximo de R$ 100 mil por cliente. Ademais, é possível renovar o penhor quantas vezes for necessário, desde que as antigas parcelas tenham sido pagas corretamente.

Por outro lado, caso o consumidor não realize o pagamento do valor concedido, o bem que foi entregue ao banco seguirá para o leilão da Caixa, podendo ser vendido para terceiros.

Para solicitar o empréstimo por penhor, o cidadão deve ir até uma agência da Caixa que possua essa modalidade de crédito, portando consigo CPF, RG, comprovante de endereço e também o bem, ou bens, que serão penhorados para a concessão do empréstimo.

Logo após, será preciso aguardar por uma rápida avaliação feita na hora para descobrir o valor dos bens ofertados. Com isso, o cliente deverá escolher o prazo do contrato e já poderá sair do banco com o dinheiro em mãos.

Empréstimo com garantia do FGTS

Também com opção, a Caixa disponibilizou a linha de crédito “ Empréstimo com Garantia do FGTS”. Por meio dele, os trabalhadores que possuem carteira de trabalho podem solicitar um empréstimo e utilizar os recursos do FGTS como garantia.

Com isso, a Caixa disponibiliza o valor de 10% do valor dos recursos disponíveis na conta do FGTS do trabalhador. Contudo, 40% poderá ser acrescido em caso de multa rescisória por demissão do trabalhador. Sendo assim, será possível que o trabalhador consiga um empréstimo de até 50% do FGTS, sem necessidade de passar por consulta ao Serasa e SPC.

O prazo de pagamento estabelecido pela Caixa é de até 4 anos. Assim, as parcelas serão descontadas automaticamente da conta do cliente, garantindo que o valor seja pago de volta ao banco. Essa modalidade de empréstimo é popularmente conhecida como crédito consignado.

Veja também: Novo cartão Caixa: Negativados podem sacar até 95% do limite de crédito

Voltar ao topo

Deixe um comentário