Uber investirá US$ 200 milhões anuais em seu serviço de carga

O investimento será destinado ao seu serviço de frete, o Uber Freight. Nova medida visa diminuir os prejuízos da empresa desde sua abertura na bolsa.

Uber anunciou que irá investir cerca de 200 milhões de dólares anuais em um de seus serviços: O Uber Freight. Lançado em 2017, o aplicativo oferta o serviço de transporte de cargas. O intuito é otimizar o contato entre os motoristas de caminhões e empresas que estejam precisando de frete. O investimento será utilizado para a expansão da operação no escritório de Chicago e para a contratação de mais 2 mil funcionários nos próximos três anos.

O Uber Freight está disponível em 48 estados americanos e teve suas operações iniciadas na Europa em julho deste ano. O serviço realiza a cobrança de um percentual sobre o valor dos fretes realizados. Com isso, o investimento da Uber em negócios que ultrapassam a logística de transporte de passageiros é uma boa saída para empresa.

Isso ocorre devido ao transporte de passageiros poder ter mudanças radicais em seu principal país de atuação, os Estados Unidos. Lá está em andamento uma batalha judicial entre a empresa e o governo americano, visto que há uma nova lei em relação ao registro trabalhista dos condutores que pode prejudicar seu negócio.

Riscos do Novo Investimento

De acordo com estudos realizados em 2017 pela American Trucking Associations (ATA), a oferta de motoristas no Uber Freight é insuficiente, visto que é necessário a contratação de, pelo menos, 51 mil novos motoristas para sua completa eficácia. A solução para esse problema seria utilizar caminhões autônomos. Contudo, a alternativa foi descartada.

Além disso, os números relacionados ao frete de cargas não foi divulgado pela Uber. Entretanto, Dara Khosrowshahi, CEO da Uber, afirmou que o setor demonstrou um crescimento surpreendente, mesmo com o mercado mais brando.

Os últimos relatórios financeiros da empresa demonstraram uma queda no crescimento da Uber. Devido ao ser momento turbulento, com prejuízos atingindo a casa dos 5 bilhões de dólares, a empresa teve um faturamento de 3,1 bilhões de dólares no segundo semestre de 2019.

Dessa forma, a situação da Uber se demonstra complicada dentro do mercado financeiro. Desde que abriu seu capital, a companhia já teve perda de 23,4 bilhões de dólares em valor de mercado. A abertura de ações ocorreu em maio deste ano. Com isso, esse é o momento da Uber provar para seus investidores de que a companhia ainda pode ser lucrativa.

Veja também: Uber Rewards isenta clientes de tarifa dinâmica e oferta viagens gratuitas.

Voltar ao topo

Deixe um comentário