Crédito imobiliário: Cartão de crédito Caixa para construção ou reformar

O cartão de crédito Construcard permite os clientes comprarem e parcelarem suas compras em lojas conveniadas.

A casa própria é um sonho de muitos. No entanto, empecilhos financeiros podem impedir a concretização desse objetivo. Isso por que tanto a construção como a reforma de um domicilio pode exigir grandes investimentos, que por vezes, pode não ser viável para muitas pessoas.

Pensando nisso, uma das principais instituições financeiras, a Caixa Econômica Federal concede o crédito imobiliário, que permite o financiamento da construção de imóveis, ou mesmo a realização de reformas.

Construcard Caixa: empréstimo para materiais de construção

Com lojas conveniadas, o cartão de crédito Construcard permite os clientes comprarem e parcelarem suas compras nesses estabelecimentos parceiros.

Este, permite o financiamento de compras em até 240 meses, e usufruir de um período de carência de até 6 meses (paga-se somente os juros dos valores utilizados), após a contratação do empréstimo.

Sem contar que, os juros se dão a partir de 2,5% a.m, sendo considerado, abaixo do mercado.

O cliente poderá utilizar o cartão para compras de materiais como:

  • armários embutidos;
  • piscinas;
  • elevadores;
  • caixas d’água;
  • Aquecedores solares entre outros.

Ademais, a Caixa utiliza a tabela price no sistema de amortização. Isto é, as parcelas se iniciam mais baixas e aumentam o valor conforme se aproximam da quitação.

Os pagamentos das parcelas são feitos via débito automático. Além de que, clientes que recebem o salário na conta da Caixa possuem condições ainda mais especiais.

Como solicitar o cartão de crédito Caixa para construção e reforma?

Para contratar Construcard Caixa é necessário se dirigir pessoalmente em uma das agências da Caixa Econômica Federal espalhadas pelo país, portando os documentos pessoais.

Pré-requisitos para financiar a construção pela Caixa

Inicialmente, é necessário que o solicitante seja maior de 18 anos, não possua restrições no CPF, além da necessidade de comprovar a renda.

Para que o empréstimo seja aprovado, é necessário que todos os documentos do imóvel ou do terreno estejam regularizados.

Com isso, o banco avaliará a existência de um projeto aprovado por um especialista na obra, um profissional responsável pela construção.

Ademais, podem ser exigidos como garantias:

  • avalista
  • alienação fiduciária de bem móvel,
  • caução de depósito/aplicação financeira
  • ou alienação fiduciária de bem imóvel.
Voltar ao topo

Deixe um comentário