Caixa prepara novo calendário de saque do FGTS para quem tem até um salário mínimo na conta

Ação será válida para o trabalhador que tinha saldo na conta vinculada de até um salário mínimo (R$ 998) em 24 de julho.

O cronograma do saque do FGTS para o trabalhador que tinha saldo na conta vinculada de até um salário mínimo (R$ 998) em 24 de julho, data da edição da medida provisória (MP), que autorizou o saque emergencial do Fundo, está sendo organizado pela Caixa Econômica Federal.

Anteriormente, a MP havia limitado o saque em até R$ 500 por conta para todos os trabalhadores. No entanto, a proposta foi alterada no Congresso Nacional, e assim, passou a ser permitido a retirada de até um salário mínimo das contas, para cotistas que tivessem até esse valor. Já para aqueles com saldo superior a um salário mínimo na conta, segue limitado o saque no valor de saque de R$ 500.

Com a mudança da MP, muitos trabalhadores de baixa renda foram beneficiados, sem contar introdução de mais R$ 3 bilhões na economia. A Caixa Econômica Federal pretende pagar os valores restantes ainda em 2019.

Mesmo que o calendário de pagamento anterior ainda esteja em vigot, aqueles que já retiraram o dinheiro, poderão sacar o restante. Para isso, o crédito será automático para quem possui conta poupança, quem tem conta corrente, deverá solicitar o depósito e, por fim, aqueles que não são correntista, seguirá um cronograma para os pagamentos que ainda será definido. Há ainda a possibilidade de sacar o valor extra nas lotéricas.

Ademais, o governo estima que o saque emergencial do FGTS injetará na economia neste ano R$ 42 bilhões. Junto a isso, com a autorização da retirada das cotas do Pis/Pasep, o montante subirá para R$ 45 bilhões.

Veja também: Posso sacar o FGTS para financiar um carro?

Voltar ao topo

Deixe um comentário